Novidades

Odiario
A vitória sobre Israel em 2000
É um exemplo para luta de hoje
Hassan Nasrallah*
:: Outros autores :: 30.May.16

Comemorando a libertação do sul do país em 25 de maio de 2000, o “Dia da Vitória”, em que as tropas israelenses foram obrigadas a abandonar o sul do Líbano, o secretário-geral do Hezbollah, Sayed Hassan Nasrallah, pronunciou um importante discurso de que publicamos os principais pontos.
A ideia de que Israel é o inimigo principal e que é a luta «a única via para recuperar os [nossos] territórios e garantir a estabilidade e a segurança do país» perpassa por todo o discurso.

Odiario
Unidade de esquerda da luta!
PCB
:: Outros autores :: 29.May.16

Como diz a primeira Nota Política do PCB sobre a destituição de Dilma, «a saída é pela esquerda!
As forças da esquerda e do movimento operário brasileiros têm de concentrar os seus esforços na mobilização da classe trabalhadora e do povo brasileiro em torno de lutas comuns.
Um primeiro e importante passo foi a aprovação da “Carta de S. Paulo”

Odiario
A Administração Pública:
A inversão da destruição que estava em curso?
Eugénio Rosa*
:: Outros autores :: 28.May.16

O afastamento da direita pura e dura do governo, PSD e CDS, foi um justo alívio, só possível pela afirmação, logo na noite das eleições, que “o PS só não forma(va) governo se não quiser…”
Neste bem fundamentado texto Eugénio Rosa diz-nos, com dados Direcção-Geral da Administração e do Emprego Público, como a chamada “inversão” da destruição da Administração Pública está a ser feita, fundamentalmente, à custa do recurso a trabalhadores precários.
Os trabalhadores continuam a ter razões de luta por um país mais justo para viver.

Odiario
O fascínio desumanizado de D.H. Lawrence pelo México
Miguel Urbano Rodrigues
:: Colaboradores :: 27.May.16

“A sua obra desencadeou tempestades emocionais. Alguns dos seus livros foram proibidos por obscenos. Outros levaram a crítica a situá-lo na fronteira da loucura. Mas, cabe perguntar o que deve entender-se por loucura, tão diferentes são as manifestações do comportamento humano quando alguém pelo pensamento e a atitude rompe com aquilo que é considerado respeitável nas sociedades do mundo contemporâneo?”

Odiario
Colonialismo, Neocolonialismo e Balcanização
As três idades de uma dominação
Said Bouamama*
:: Outros autores :: 26.May.16

O autor defende que a lista de países destruídos pela intervenção militar do imperialismo norte-americano acolitado pela UE aumenta sem cessar.
Defendendo que a uma «primeira idade» do capitalismo e ao neocolonialismo de uma «segunda idade» está a suceder uma «terceira idade»: a balcanização, uma generalização do caos.
«Paralelamente, constata-se uma mutação das formas do racismo. Depois da Segunda Guerra Mundial o racismo culturalista sucedeu ao racismo biológico e desde há algumas décadas tende a apresentar-se a partir da religiosidade, sob a forma dominante da islamofobia. Na opinião do autor estamos na presença de três historicidades estreitamente ligadas: a do sistema económico, a das formas políticas e a das ideologias de legitimação».

Odiario
Para um “Independentismo”
Progressista e Consequente
Georges Gastaud*
:: Outros autores :: 25.May.16

A crise estrutural do sistema do capital e a sua não superação no atual quadro tem trazido ao debate, cá e por toda a Europa, a saída do UE e do Euro. Se é de saudar as denúncias feitas e as alterações que se verificam nas propostas de Jean-Luc Mélechon, elas não podem esconder as profundas diferenças existentes.
Pois, entende Georges Gastaud, «a soberania da nação não é negociável: ela toma-se. Sair da UE, do euro, da NATO, as três principais amarras supranacionais e atlânticas de onde derivam todas as outras grilhetas que nos estrangulam não poderia portanto, em princípio, estar sujeito a negociação; o simples facto de negociar sobre isso já significa que a França… não existe, que depende de outros… para ser independente, e que, na melhor das hipóteses é uma província recalcitrante do império europeu a um passo de se tornar a “União Transatlântica”».

Odiario
Mercenários voltam ao Congo
Carlos Lopes Pereira*
:: Colaboradores :: 24.May.16

Um dos maiores e dos mais ricos países de África, a República do Congo é também, por isso mesmo e desde a sua independência em 1960, um dos que o imperialismo norte-americano e europeu mais têm desestabilizado e saqueado.

Odiario
O falso plano de combate à evasão fiscal e à fraude do patronato
Eugénio Rosa
:: Outros autores :: 23.May.16

Se é verdade que, o anterior governo PSD/CDS não passava de um tumor maligno que urgia extirpar, não é menos verdade que PS não mudou a sua opção de classe por ter negociado um conjunto de medidas mínimas de reposição de direitos com o PCP e o BE.
Descontada a propaganda, o ministro Vieira da Silva se propõe fazer é, em 2016, recuperar 51 milhões dos mais de 10 mil milhões de euros de dívida acumulada.
Se dúvidas houvesse quanto aos interesses de classe que o governo PS defende, este texto de Eugénio Rosa tirava-as com a oportuna denúncia do que está em causa no «Plano de combate à fraude e evasão contributiva e prestacional – 2016».

Odiario

Documento

Comunicado do Movimento pelos direitos do povo Palestino e pela paz no médio oriente (MPPM)
MPPM
:: Outros autores :: 21.May.16

Odiario
A Social-democracia apunhalou
a revolução Alemã em 1918
Miguel Urbano Rodrigues
:: Colaboradores :: 20.May.16


Neste texto, Miguel Urbano lembra-nos como, em 1918, foi traída a revolução alemã, no cumprimento do ainda hoje mal conhecido papel histórico da social-democracia.
Na foto que ilustra o texto, vemos Friderich Erbert, no lado esquerdo da 3ª carteira do lado direito, na Escola do SPD; à esquerda, de pé, Rosa Luxemburgo com outros professores.

Odiario
Nakba-
68 anos de ocupação Sionista da Palestina
Miko Peled*
:: Outros autores :: 19.May.16

Não foi por esquecimento que os media portugueses – rádios, jornais e televisões – ignoraram a criminosa ocupação da Palestina pelos sionistas fez dia 15 de maio passado 68 anos. Tinham a agenda, se quisessem recordar a data. As agendas servem precisamente para isso. Foi um propósito que os qualifica.
O texto que hoje publicamos, de um escritor israelense, ativista da luta pela Paz, nascido em Jerusalém, em 1961, é uma denúncia, do comportamento sionista que o autor compara ao comportamento dos nazis para com os judeus.

Odiario
Reconstrução do capitalismo em Salvador
Aprofundamento da dívida do estado
Carta Económica*
:: Outros autores :: 18.May.16

24 anos após os Acordos de Paz em Salvador, nada do que foi acordado foi cumprido. O povo submerge na pobreza, a economia estagnou, a riqueza acumula-se nas mãos de uma burguesia oligárquica aliada ao capital transnacional e submissa ao imperialismo norte-americano.
A reconstrução do capitalismo em Salvador corresponde ao aprofundamento da dívida do Estado salvadorenho.

Odiario
Eurocomunismo e Reformismo
Catarina Casanova*
:: Outros autores :: 17.May.16

Em qualquer das suas máscaras, sempre os reformistas se apresentaram sob o propósito de defender, aprofundar ou de adequar a luta pelo socialismo às novas realidades, à modernização das estruturas revolucionárias por forma a corresponderem a evolução dos tempos.
Foi sempre assim, cá e lá fora, nas instituições nacionais e supranacionais, em países capitalistas e em países que se reclamavam da construção do socialismo.
O resultado foi sempre o contrário dos propósitos anunciados.

Odiario
Bento de Jesus Caraça e a integração dos intelectuais no PCP
Manuel Gusmão
:: Outros autores :: 16.May.16

Odiario.info publica hoje dois textos sobre dois dos mais notáveis intelectuais e revolucionários comunistas portugueses: Álvaro Cunhal e Bento de Jesus Caraça.
Ambos provaram saber que a sua integração na luta do povo e da classe operária portugueses era um processo de transformação: deles, intelectuais, e dos que com eles lutavam e integravam o Partido Comunista Português.
Se Álvaro Cunhal se distinguiu como político, organizador, artista e escritor que soube colocar o seu talento, intelecto e determinação ao serviço do povo, Bento Caraça, apesar de ter morrido prematuramente aos 47 anos de idade tinha «… uma conceção de cultura [é] alheia a todo o elitismo e [é] radicalmente democrática», tendo tido um papel determinante na criação e organização da Biblioteca Cosmos e da Universidade Popular, de que hoje, mais de 70 anos volvidos após a sua criação, ainda se sentem os efeitos.
Este texto é sobre Bento de Jesus Caraça.

Odiario
Álvaro Cunhal no Museu do Aljube
Manuel Augusto Araújo*
:: Outros autores :: 16.May.16

Odiario.info publica hoje dois textos sobre dois dos mais notáveis intelectuais e revolucionários comunistas portugueses: Álvaro Cunhal e Bento de Jesus Caraça.
Ambos provaram saber que a sua integração na luta do povo e da classe operária portugueses era um processo de transformação: deles, intelectuais, e dos que com eles lutavam e integravam o Partido Comunista Português.
Álvaro Cunhal distinguiu-se como político, organizador, artista e escritor que soube colocar o seu talento, intelecto e determinação ao serviço do povo, Bento Caraça, apesar de ter morrido prematuramente aos 47 anos de idade, tinha «… uma conceção de cultura [é] alheia a todo o elitismo e [é] radicalmente democrática», tendo tido um papel determinante na criação e organização da Biblioteca Cosmos e da Universidade Popular, de que hoje, mais de 70 anos volvidos após a sua criação, ainda se sentem os efeitos.
Este texto é sobre o encontro dedicado a Álvaro Cunhal no Museu do Aljube, sob o tema Intelectuais e Artistas da Resistência.

Odiario
Alepo - A peça Síria
Higinio Polo*
:: Outros autores :: 15.May.16

«Os EUA querem impedir que o governo de Damasco avance para a fronteira com a Turquia, assestando assim um duro golpe na «oposição moderada» que continua a ser apoiada pelo governo de Obama e, perante os fracassos colhidos com a sua política externa no Médio Oriente, chegou à conclusão que deve negociar-se em Genebra o futuro da Síria.»

Odiario
TTIP: A “OTAN económica”
Manlio Dinucci*
:: Outros autores :: 14.May.16

Nesta análise, Manlio Dinucci, não limita as negociações de um hipptético TTIP a uma negociação económica. A negociação do TTIP insere-a na tentativa geoestratégica estadounidense de resistir ao declínio do seu domínio mundial.
O objetivo dos EUA, a par da atrelagem dos países da Europa com o sem União Europeia aos seus interesses e a manutenção do domínio mundial, mantendo unipolaridade dos EUA na direção mundial.

Odiario
Ilusões e luta
Jorge Cadima*
:: Outros autores :: 13.May.16

Jorge Cadima analisa, com exemplos da vida na Europa dos nossos dias, como a social-democracia e a esquerda que se diz radical aproveitam o descontentamento dos povos para, prometendo o fim da austeridade traem os povos que os elegem.
A sementeira de ilusões que fazem no campo fértil dos condenados da Terra é o seu contributo para a tentativa de salvação o sistema de exploração e os seus instrumentos de opressão.

Odiario

Nota dos Editores

A tragédia Brasileira
retrato da falsa democracia
Os Editores
:: Editores :: 12.May.16
Odiario
Sobre a imagem do Brasil
Celso Amorim*
:: Outros autores :: 12.May.16

O autor, Celso Amorim, debruça-se sobre uma preocupação maior das “elites” brasileiras hoje: a imagem que a presidente poderá ter provocada com os seus discursos e entrevistas na Europa e nos Estados Unidos!
O estranho é que às mal “ditas elites” não lhes passe pela cabeça que o agravamento da deteriorada da imagem do Brasil cá fora tenha sido provocada, fundamentalmente, pela boçalidade e a balbúrdia reinante na votação do processo de destituição da Presidente da República na Câmara de Deputados.