Novidades

Odiario
Nota dos editoresCuba e a jogada de Obama
Os Editores
:: Editores :: 18.Dez.14
Odiario
A manipulação dos dados do desemprego e do emprego pelo governo
Eugénio Rosa
:: Outros autores :: 18.Dez.14

O chefe de missão do FMI em Portugal afirmou recentemente que ninguém percebeu como é que o desemprego está a baixar. Não percebeu ele porque nunca se deu ao trabalho de estudar a realidade portuguesa. Foi essa uma das causas do fracasso total do programa da “troika” e do governo PSD/CDS. Se tivesse estudado a realidade concreta portuguesa rapidamente teria compreendido que a baixa da taxa de desemprego oficial resulta de uma gigantesca manipulação dos dados do desemprego feita pelo governo.

Odiario
Os generais também choram
Francisco Toloza
:: Outros autores :: 17.Dez.14

A recente captura pelas FARC de um general das FFAA colombianas, de outros militares e de uma civil que os acompanhava e as reacções do poder colombiano a essa captura e ao posterior processo de liberação pela guerrilha deixaram ainda mais à vista as dificuldades de um processo de paz em que um dos interlocutores - o estado colombiano - tenta aplicar a táctica sionista de dialogar enquanto prossegue ofensivas de extermínio de seu interlocutor. E mostraram igualmente que é impossível resolver este confronto pela via belicista.

Odiario
Discurso de Vladimir Putin no Clube Valdai
Vladimir Putin
:: Outros autores :: 16.Dez.14

As notas de Atilio Boron que publicamos em conjunto com este discurso são apresentação suficiente. Pode talvez acrescentar-se que, por muito que a actual campanha anti-Rússia nos media dominantes procure reutilizar o mais repugnante arsenal da Guerra-Fria e do anti-sovietismo, a Rússia de Putin resulta da destruição da URSS, não da sua continuidade. O que não impede que este discurso se situe a larga distância política do dos seus opositores ocidentais.

Odiario
um discurso histórico
Atílio A. Boron
:: Outros autores :: 16.Dez.14

Vladimir Putin pronunciou em 24 de Outubro um importante discurso, convenientemente ignorado pelos media dominantes. O dirigente russo falou claro, sem meias tintas e pondo de lado desde o início a linguagem diplomática. Este discurso foi ignorado porque nele se traça um diagnóstico realista e isento de qualquer eufemismo para denunciar a aparente e imparável deterioração da ordem mundial e os diferentes graus de responsabilidade dos principais actores do sistema.

Odiario
«As raízes da crise na China capitalista»
Uma tese polémica
Miguel Urbano Rodrigues
:: Colaboradores :: 15.Dez.14

A evolução actual da China exige estudo e debate aprofundado à luz do marxismo. Em tal evolução – no quadro do proclamado princípio de “um país, dois sistemas”- os elementos especificamente capitalistas parecem adquirir um peso cada vez maior. Se se viesse a verificar que dos “dois sistemas” fosse o capitalista a adquirir um peso dominante, tal seria trágico. Para o povo chinês, em primeiro lugar. Para os povos de todo o mundo também, porque desapareceria uma força cujos interesses actuais são incompatíveis com os dos EUA. E o imperialismo estado-unidense permanece o grande inimigo da humanidade.

Odiario
Atenas, 1944 : um segredo vergonhoso da Inglaterra
Ed Vulliamy e Helena Smith
:: Outros autores :: 14.Dez.14

Em Atenas, há 70 anos, o Exército Britânico, ainda em guerra com a Alemanha, abriu fogo (e deu armas aos locais que haviam colaborado com os Nazis para o fazerem) sobre uma multidão de civis que se manifestavam a favor dos partisans. Para colocar de novo o rei grego no poder e manter o Comunismo à distância, Churchill muda as alianças para passar a estar do lado dos apoiantes de Hitler, contra aqueles que haviam sido os seus aliados.

Odiario
A guerra pelos media e o triunfo da propaganda
John Pilger [*]
:: Outros autores :: 13.Dez.14

Os tempos que vivemos são tão perigosos e tão distorcidos na percepção pública que a propaganda já não é um “governo invisível”. Ela é o governo. Domina directamente sem receio de contradição e o seu principal objectivo é o domínio de nós próprios: do nosso sentido do mundo, da nossa capacidade para separar a verdade da mentira.

Odiario
Ainda a TAP e a sua privatização - gestão danosa?
Hugo Zsolt de Sousa
:: Outros autores :: 12.Dez.14

Este texto tem interesse por duas razões. Por ilustrar aspectos concretos do que aponta para uma gestão danosa na TAP, particularizando no que diz respeito à gestão da frota e à escolha dos destinos de voo; e por ser escrito por alguém que se situa no campo da social-democracia. Mas a gestão danosa em causa é há muito da responsabilidade conjunta da administração e de sucessivos governos. O PS não é contra a privatização. O que quer é diferi-la no tempo.

Odiario
Entrevista a TxuTxi Arriznabarreta, porta-voz da Rede IndependentistaO crescente movimento independentista no estado espanhol sacode o governo central
Anncol
:: Outros autores :: 11.Dez.14

Na luta contra a ditadura de Franco não se diferençava se era basco ou espanhol. Era uma luta comum. Para a Rede Independentista basca o trabalho da criação de um estado basco deve ter a mesma amplitude.

Odiario
Jornalismo em tempos macabros
O horror como mercadoria noticiosa
Fernando Buen Abad Domínguez
:: Outros autores :: 10.Dez.14

Numa altura em que tanto se promove uma “indignação” que a classe dominante deseja estéril, um texto genuinamente indignado. Perante a cumplicidade do jornalismo do sistema com os crimes do capitalismo, perante um certo “jornalismo” responsável pela conversão em espectáculo da desgraça, da miséria e da opressão dos povos.

Odiario
“Cuba não está a propor-se um socialismo de mercado”
Rosa Miriam Elizalde
:: Outros autores :: 08.Dez.14

Em 2011 Cuba aprovou o guião de um processo de “actualização económica” que inclui a reconhecimento de sectores de propriedade privada, cooperativa e mista (com capital estrangeiro), ao mesmo tempo que afirma o objectivo de manter o carácter socialista do seu modelo de desenvolvimento. Esta entrevista propõe-se fazer um balanço dos passos dados desde então.

Odiario
Namíbia reforça apoio à Swapo*
Carlos Lopes Pereira
:: Colaboradores :: 07.Dez.14

Carlos Lopes PereiraAs recentes eleições presidenciais e legislativas na Namíbia mostraram que a Swapo, o partido da independência, tem mais apoio do que nunca.

Odiario
Faz sentido*
Filipe Diniz
:: Colaboradores :: 06.Dez.14

O grande capital já tem a máquina da “alternância” devidamente oleada. Já mudou as caras no PS, já tem no terreno “novas” forças de “esquerda não sectária” – ou seja, dispostas a associar-se ao PS por qualquer prato de lentilhas -, e fará todos os esforços para que o Governo PSD/CDS realize o máximo de trabalho sujo até ser corrido. Mas convencer o eleitorado de que o PS se situa “à esquerda” não é fácil. Os portugueses já são capazes de estar demasiadamente escaldados.

Odiario
DocumentoDeclaração das Organizações Promotoras do
Encontro de Solidariedade com o Povo Palestino
Almada - 29 de Novembro de 2014
CGTP, CPPC, MPPM
:: Outros autores :: 05.Dez.14

Odiario
Nota dos EditoresAs FARC e o folhetim do General Alzate
Os Editores
:: Editores :: 03.Dez.14

Odiario
Os comandantes guerrilheiros Pastor Alape e Isaías Trujillo em entrevista exclusiva com o subdirector de ANNCOLA liberação guerrilheira do General Alzate
Dick Emanuelsson
:: Outros autores :: 03.Dez.14

Há duas semanas a guerrilha das FARC prendera um general colombiano em zona de guerra, no que constitui um dos mais penosos episódios da história das mais numerosas e melhor equipadas Forças Armadas da América Latina, largamente assessoradas pelo imperialismo. O general e as duas pessoas que o acompanhavam na altura foram libertados no passado domingo.

Odiario
Crise energética e preço do petróleo: luta pela hegemonia no capitalismo em crise
Julio C. Gambina
:: Colaboradores :: 02.Dez.14

No panorama da produção energética mundial assiste-se a uma complexa guerra em torno dos preços – em baixa - e da produção – em alta. Com tal estratégia, os EUA pretendem asfixiar países que dependem da sua factura petroleira como a Rússia, a Venezuela ou o Irão. Mas com os preços baixos inviabilizam economicamente a sua aposta na produção de não-convencionais (shale), e entram em conflito com a sua aliada Arábia Saudita.

Odiario
O novo ALCAP e a banca chinesa
Oscar Ugarteche* e Ulises Noyola Rodríguez**
:: Outros autores :: 30.Nov.14

A crescente presença económica, financeira e comercial da China na América Latina, conjugada com a sua estratégia de acordos de livre-comércio na bacia do Pacífico, parece estar a tomar vantagem em relação à estratégia dos acordos de livre comércio patrocinados pelos EUA que o diário.info referiu em recente entrevista de Walden Bello (18.Nov.14)

Odiario
Vem a propósito
Filipe Diniz
:: Colaboradores :: 29.Nov.14

Ao que parece, a percentagem dos negócios escuros dos figurões da política de direita que chega aos tribunais é pequena. Das vezes que tal sucede, o hábito é a atitude de reserva “confiamos no funcionamento da Justica, etc.”. Mas Passos Coelho, com a desfaçatez que o caracteriza, resolveu ir mais longe.