:: Outros autores

Odiario

O Fórum Económico Mundial alerta que a “Inteligência Artificial” pode desestabilizar o sistema financeiro

Will Knight    18.Ago.18

Um tema inédito em odiario.info: informações sobre a crescente utilização de processos de automatização electrónica capazes de auto-aprendizagem e de serviços “em nuvem” poderiam tornar mais vulnerável o mundo financeiro. O capital fictício assume um novo espaço virtual, e os especialistas do WEF receiam os ciber-riscos que daí decorrem. O capitalismo incorpora as mais avançadas tecnologias em termos de tal complexidade que colocam o risco de um colapso. Não é uma má perspectiva.

Odiario
Odiario

Migrantes rejeitados: do S. Luís ao Aquarius

Os sucessivos naufrágios das precárias e superlotadas embarcações em que viajam, a perda de milhares de vidas de migrantes no Mediterrâneo, a recusa da sua entrada em portos europeus podem talvez parecer um fenómeno novo. Mas a memória histórica vai mais longe: ao trágico destino de outros migrantes que, na década de 30 do século passado, tentaram a fuga ao nazi-fascismo.

Odiario
Odiario

A Venezuela que não será vista nas televisões

Simon de Beer    15.Ago.18

Um belga faz uma viagem turística à Venezuela. Mas o estado de espírito de férias não o torna indiferente a uma realidade bem diferente da que os grandes media querem fazer passar. Abre os olhos e ouvidos para conhecer as pessoas num país que está a mudar, atravessando grandes dificuldades económicas e a constante ingerência e ameaça do imperialismo e dos seus cúmplices. Uma Venezuela tão livre que, num sector inteiramente privado como o do turismo, os guias turísticos têm carta-branca para mentir sobre o seu próprio país.

Odiario
Odiario

Triplica o número de idosos falidos nos EUA*

António Santos    14.Ago.18

Nas extremas desigualdades verificadas na sociedade estado-unidense o grupo social dos trabalhadores idosos veio juntar-se aos outros grupos sociais marginalizados e condenados à miséria: negros, hispano-americanos, desempregados de todas as etnias. Desde 1991, triplicou o número de pessoas com mais de 65 anos que se declaram falidas e incapazes de fazer face a dívidas crescentes. Tal como na crise de 1929 teriam que trabalhar até morrer, se tivessem a sorte de ter trabalho.

Odiario
Odiario

Nicarágua: face à “contra colorida” e seus disfarces, o nosso lugar é o anti-imperialismo consequente

Red Roja    12.Ago.18

A situação na Nicarágua exige uma firme solidariedade anti-imperialista. Solidariedade antes de mais com o povo que resiste à tentativa de golpe desencadeada pela reacção interna e pelo imperialismo. Já aqui publicámos textos que manifestam essa solidariedade, mas que exprimem também reservas à acção do governo de Ortega. Os seus autores são lutadores de sólidos princípios, que não podem por essa posição ser misturados com o outro lado da barricada.

Odiario
Odiario

O círculo*

Jorge Cadima    10.Ago.18

No 73º aniversário do criminoso bombardeamento atómico de Hiroxima e Nagasáqui pelo imperialismo norte-americano é oportuno desmascarar a persistente tentativa de inverter responsabilidades e ameaças. Os EUA, que há décadas usam armas químicas, biológicas, com urânio empobrecido e outras armas não convencionais contra quem não aceita submeter-se aos ditames imperialistas, acusam as suas vítimas de querer fazer o que eles próprios fazem.

Odiario
Odiario

De Pedrógão a Monchique

Agostinho Lopes    08.Ago.18

Repetiu-se e repete-se o que aconteceu depois de 2003 e 2005. Os governos, PS e PSD/CDS, que se seguiram legislaram, alteraram sobretudo legislação, e deixaram tudo na mesma na Floresta até que chegamos a 2017. Não ter nos anos que se seguiram incêndios florestais com as dimensões de 2003 e 2005 servia para louvar a acção governativa. Até que chegou a prova do algodão, isto é as tragédias de Pedrogão e das Beiras. O mais grave não é a falsidade da imagem que se pretende vender. É que tal posicionamento é o principal bloqueio à tomada das medidas necessárias. Esconde as enormes falhas e problemas da floresta. Disfarça as fragilidades do sistema de combate. Impede que se tomem as medidas necessárias. Oculta a impotência, auto-assumida por opção política, de sucessivos governos. E do actual também.

Odiario