Artículos de: Junio, 2009

Odiario

O discurso de Obama no Cairo

Noam Chomsky*    30.Jun.09    Outros autores

Noam Chomsky
Ao longo dos últimos 60 anos, “os EUA têm desempenhado um papel decisivo na manutenção do conflito entre Israel e a Palestina. Obama não deu nenhum indício que esse papel vai mudar”.

Odiario
Odiario

Conselhos amigos

Jorge Cadima*    29.Jun.09    Outros autores

Jorge Cadima
“Dizem-nos que houve fraude eleitoral. Também nos disseram que havia armas de destruição em massa no Iraque. E genocídio nos Balcãs. E que os fundamentos das economias eram «sólidos». Porque havemos de acreditar neles? Também na Venezuela foram capazes de pôr milhares na rua (sobretudo das classes médio-altas) a exigir o derrube «do ditador» que tem ganho legitimamente eleição após eleição (com o voto popular). Organizaram mesmo um golpe de Estado, para gáudio da CNN”.

Odiario
Odiario

Cuba, Coreia e o belicismo dos EUA


Com a eleição de Obama muitos foram os que, nos EUA e no Mundo, foram levados a acreditar pela esmagador campanha mediática que o imperialismo ia renunciar à sua natureza. Apesar da curta vida da administração de Barack Obama, os factos encarregam-se de desiludir as, afinal, infundadas esperanças. Como seria normal esperar, se a razão dominasse a emoção.

Odiario
Odiario

Os armários vazios

Correia da Fonseca*    27.Jun.09    Colaboradores

Correia da Fonseca
Neste texto, Correia da Fonseca aborda a questão da independência política: “Se ser «independente» fosse não ter ideias mesmo só um pouco próximas deste ou daquele partido, isso ficaria longe de ser uma virtude ou um mérito e um sujeito assim não seria recomendável sequer como cidadão.
De facto, esse conceito de «independente» tornaria essa criatura muito parecida com um armário vazio, ainda que envernizado. Será desejável mobilar a Justiça portuguesa com armários vazios?”

Odiario
Odiario

Crise económica internacional**

Óscar-René VargasEste estudo foi feito pelo académico nicaraguense Óscar-René Vargas para o Gabinete do Presidente da Assembleia-Geral das Nações Unidas.
“Os bancos centrais [do resto do mundo] possuem agora 4 biliões de dólares desses títulos nas suas reservas internacionais – e esses empréstimos financiaram a maior parte dos deficits orçamentais internos do governo dos EUA durante mais de 4 décadas! Perante o facto de mais de metade dos gastos discricionários do governo dos EUA serem em operações militares – incluindo as mais de 750 bases militares no estrangeiro e operações cada vez mais caras em países de produção e de transporte de petróleo – o sistema financeiro internacional está organizado de tal forma que é ele quem financia o Pentágono, juntamente com as aquisições estadunidenses de activos estrangeiros dos quais se espera que rendam muito mais que os títulos do Tesouro em poder desses bancos centrais.”

Odiario
Odiario

Irão:
Nova “Revolução Colorida” Orquestrada pelos EUA?

Paul Craig Roberts*    25.Jun.09    Outros autores

PAUL CRAIG ROBERTSEmbora a dúvida sobre a participação dos EUA, o autor, Paul Craig Roberts, ex-secretário adjunto do Tesouro, da administração Reagan informa-nos que a montagem da «operação secreta “negra” a fim de desestabilizar o governo iraniano», vem já desde 2007…
As declarações de Obama sobre os recentes acontecimentos no Irão, em agressividade crescente mas controlada, não só não deixam de se integrar na operação como se conjugam com a tentativa de recuperação, ao menos parcialmente, do prestígio perdido pelo império.

Odiario