Artículos de: Noviembre, 2010

Odiario
Nota dos Editores

EUA - Um sistema de Poder
Apodrecido e pirata

Os Editores    30.Nov.10    Editores

Odiario
Odiario

Escassez de recursos e crise imperialista

Rui Namorado Rosa    30.Nov.10    Colaboradores

«A evolução para um mundo policêntrico, dos pontos de vista económico e político, abre caminho à ascensão da competição inter-capitalista, e pode suscitar reacções de conflito e até agressão (…). Os sinais de “guerra cambial” e de “guerra comercial” que se vêm registando ao longo de 2010 são sintomas preocupantes.
Em contraponto à difusão do progresso técnico, à ascensão económica e a ganhos sociais em várias partes do mundo, o imperialismo procura manter a velha ordem. Para o que carece de criar inimigos e de suscitar divisões para justificar a imposição forçada ou até a subjugação militar. Neste sentido, alianças político militares, designadamente a NATO, são uma ameaça à segurança dos povos e à paz no mundo. E tal como destroem, também distraem da atenção e esforço urgentemente necessários para a resolução dos problemas que afligem a humanidade.»

Odiario
Odiario
III Encontro Civilização ou Barbárie

Acerca da expressão:
Mundo às avessas

Eduardo Chitas    30.Nov.10    Serpa 2010

EDUARDO CHITAS

Odiario
Odiario

Dois dias de faz-de-conta

Correia da Fonseca*    28.Nov.10    Colaboradores

A vinda dos principais senhores da guerra a Lisboa para participarem na Cimeira da NATO foi pasto para fértil para a dominante mediocridade jornalística portuguesa se esmerar na exibição da sua proverbial paspalhice, como Correia da Fonseca bem ilustra neste seu texto sobre o que foram, em termos informativos, aqueles “dois dias de faz-de-conta”.

Odiario
Odiario

Esqueletos

Anabela Fino*    27.Nov.10    Outros autores

Esta denúncia de Anabela Fino, a propósito da conferência promovida pela Universidade Católica, “Vale a pena investir em Portugal”, em que participou, entre outros, o monopolista Belmiro de Azevedo, exemplifica bem o papel dos abutres, e como estes rapam a carne toda… até ficarem apenas os “esqueletos”.

Odiario
Odiario

A Crise por detrás da(s) Crise(s)
Reflexões sobre a evolução do sistema capitalista do século XIX à Grande Depressão

Pedro Carvalho*    26.Nov.10    Outros autores

Pedro Carvalho Depois de uma detalhada resenha das principais crises do sistema capitalista, Pedro Carvalho alerta-nos que, “Para compreendermos a(s) crise(s) do sistema capitalista, temos de compreender como o sistema se reproduz, ou seja, a acumulação capitalista e o processo de valorização do capital. Temos que reconhecer que a crise é sistémica e inerente ao modo de produção capitalista, germina das suas contradições e limites. Que o limite do sistema resulta dessa lei tendencial, mas sempre presente - a baixa das taxas de lucro. No fundo, que a barreira real ao processo de valorização do capital é o próprio capital. A evolução da taxa de lucro é por isso fundamental para compreendemos a evolução do sistema, os momentos de expansão e a(s) crise(s).”

Odiario