Artículos de: Enero, 2011

Odiario

Grécia: Simbolo da dívida ilegítima

Eric Toussaint*    31.Ene.11    Outros autores

Eric ToussaintNão é referindo-se a Portugal, embora o pareça, mas sobre a Grécia que Eric Toussaint nos diz que “A engrenagem do endividamento público foi bem oleada pelos subornos das companhias transnacionais, num esforço para obter suculentos contratos: a Siemens é um caso emblemático.
Tudo isso faz com que seja necessário examinar rigorosamente a legitimidade e a legalidade das diversas dívidas, de acordo com o método realizado no Equador, em 2007-2008, pela comissão de auditoria integral das dívidas públicas. As dívidas que se qualificarem como ilegítimas, odiosas ou ilegais, deverão ser declaradas nulas.”

Odiario
Odiario

Horizonte de lutas

Luís Carapinha*    31.Ene.11    Colaboradores

Luís Carapinha“Não será difícil adivinhar quão febril deve ser neste dias a ingerência e actividade subversiva de serviços secretos e agências de diversão para limitar «estragos» e estancar a onda de revolta, tentando impedir que a luta do povo tunisino – que dá sinais de uma dinâmica crescente – possa assumir a qualidade de uma mobilização revolucionária de cariz anti-imperialista.”

Odiario
Odiario

No centenário do nascimento de José María Arguedas
Uma dívida impossível de pagar

Ariel Dorfman*    30.Ene.11    Outros autores

Ariel Dorfman“Mas o centenário do seu nascimento [de José María Arguedas] não deveria ser uma ocasião única para expiações. Primeiro que tudo deve ser uma celebração, a recordação que sua obra e a sua vida se fundavam numa aposta primordial: que a cultura dos Andes – imbuída de amor à natureza, moral e esteticamente superior aos que a subjugaram – era capaz de salvar a humanidade contemporânea, presa de um progresso avaro e insensato que se erige sobre a exploração da terra e dos nossos semelhantes, e a aposta ainda vigente de que há outra humanidade possível.”

Odiario
Odiario

Miséria Moral e Ética

Filipe Diniz    30.Ene.11    Colaboradores

Chegou ao fim a Comissão Turkel, nomeada pelo governo israelense para analisar o ataque terrorista contra a Flotilha da Solidariedade.
O relatório é uma farsa, como denuncia Filipe Diniz.

Odiario
Odiario
Nota dos Editores

O Mundo Árabe Desperta

Os Editores    29.Ene.11    Editores

Odiario
Odiario

Egipto:
Contágio explosivo

Egipto - Pirâmides“… A lição inexorável para as diplomacias ocidentais, a estadunidense em primeiro lugar, é que devem rever profundamente e corrigir a prática diplomática de dar apoio a regimes tirânicos, a troco de um alinhamento com os seus interesses geopolíticos: se essa fórmula imoral foi num determinado momento conveniente para Washington e os seus aliados, é hoje claro que ela é insustentável e contraproducente, e que obstaculiza as perspectivas de democratização pacífica não só do Magrebe e no norte de África, mas em todo o mundo.”

Odiario