Artículos de: Noviembre, 2012

Odiario

Idade Média*

Jorge Cadima    30.Nov.12    Outros autores

Novamente Israel massacrou civis palestinos, com a impunidade que a cobertura imperialista lhe garante. Impunidade que levou vários responsáveis israelitas a confirmar, em declarações de brutal arrogância, aquilo que há muito é sabido: se puder, o sionismo levará até ao fim a destruição do povo palestino. E todos os indícios apontam para que deseje levar a sua criminosa acção ainda mais além.

Odiario
Odiario

O Direito e a côr

Correia da Fonseca    29.Nov.12    Colaboradores

Na recente Greve Geral, Cavaco Silva e Passos Coelho fizeram questão de dizer que “trabalharam”, e que prezam muito o “direito ao trabalho”. Não deixa de ter uma amarga graça isto de o senhor primeiro-ministro ter vindo lembrar o direito ao trabalho, ele, cuja acção governativa – a que Cavaco dá toda a cobertura - tem resultado na recusa a milhares de portugueses do mesmíssimo direito ao trabalho.

Odiario
Odiario

Immanuel Wallerstein: “Nenhum sistema é para sempre”

Para o sociólogo Immanuel Wallerstein, o capitalismo não sobreviverá à crise mas o que emergirá é imprevisível. E, nesse sentido, as próximas décadas serão cruciais. Embora em matéria tão complexa possam naturalmente existir pontos de discordância relativamente às suas concepções e análises, esta sua entrevista contém elementos de muito interesse, nomeadamente no que diz respeito à situação a Oriente.

Odiario
Odiario

Uma “nova” constituição oligárquica?

Vaz de Carvalho    26.Nov.12    Outros autores

O poder ao serviço das oligarquias está a destruir conquistas sociais de há largas décadas. O domínio das oligarquias é estabelecido como uma necessidade da económica, no sentido de ser obtida maior eficiência e competitividade. A partir destes pressupostos o Estado passa a defender prioritariamente os privilégios fiscais e legais dos oligarcas, nomeadamente nas isenções fiscais e na legislação antilaboral, na extorsão a seu favor, via austeridade, da riqueza gerada pelo trabalho.

Odiario
Odiario

O “Direito à autodefesa”, uma tremenda vitória da propaganda israelita

Amira HassEste artigo, de uma jornalista israelita e publicado no importante jornal Haaretz, é duplamente significativo e corajoso: pela recusa da propaganda que novamente pretende transformar agressores em agredidos, e pelo testemunho que dá de que o sionismo pode ser esmagadoramente dominante na sociedade israelita, mas que continua a haver - e possivelmente a aumentar - entre os israelitas a recusa e o combate essa ideologia racista, colonialista e fascista, factor central da longa e intolerável tragédia do povo palestino e do Médio Oriente.

Odiario
Odiario

Antenas dos EUA no Golfo da Guiné

Carlos Lopes Pereira    24.Nov.12    Colaboradores

Carlos Lopes PereiraA presença imperialista em África cresce de dia para dia. Em termos militares, com a crescente prioridade ao Africom, responsável pelas relações militares dos EUA com 54 países e pelas parcerias para «fortalecer a sua capacidade de defesa» sob o guarda-chuva do «combate ao terrorismo, ao tráfico de droga e à pirataria», para «aumentar a segurança marítima» e «prevenir os conflitos» no continente. É o braço armado do Império para África, já com operações – mais ou menos discretas – na Somália, no Uganda, Ruanda e Congo.
Em outras sub-regiões, como o Golfo da Guiné, a intervenção do Africom assume formas mais subtis, em paralelo com a «cooperação» económica dos EUA, a intervenção do FMI e do Banco Mundial e a «ajuda» humanitária de organizações não-governamentais, em geral ligadas à CIA.

Odiario