Artículos de: Junio, 2014

Odiario

Meio século de resistência

Bruno Carvalho    30.Jun.14    Outros autores

As FARC seguem uma trajectória própria que deve ser entendida dentro das circunstâncias da difícil realidade que tentam transformar. Esta organização guerrilheira que em meio século não se vergou ante a oligarquia colombiana e o imperialismo mantém-se firme no objectivo de conquistar a paz e o socialismo.

Odiario
Odiario

A Copa como metáfora e a metáfora da Copa: pela rebelião do valor de uso

Mauro Iasi*    29.Jun.14    Destaques

A mercantilização do futebol ocorre não apenas pela venda do espetáculo desportivo em si mesmo, mas em várias dimensões: no “mercado de jogadores”, na venda dos direitos de imagem, como veículo de propaganda, como empreendimento milionário de empreiteiras, bancos e tantos outros. A velha arte de esfolar várias vezes o mesmo boi. O futebol mercadoria e o seu evento maior – o Campeonato do Mundo – é montado para a realização do lucro das grandes corporações. Se vai haver jogo ou não é um detalhe.

Odiario
Odiario

O golo fatal: o futebol-resultado e o futebol-arte*

Pier Paolo Pasolini    29.Jun.14    Outros autores

Ao publicar este belo texto de Pasolini odiario.info não pretende apenas evocar e homenagear o grande cineasta. Pretende mostrar como é possível falar de futebol de forma inteligente, culta e progressista. Coisa que, para quem acompanhe o jornalismo que se faz à volta do campeonato do mundo em curso poderá parecer quase impossível.

Odiario
Odiario

Mesma receita, mesmos resultados*

Filipe Diniz    28.Jun.14    Colaboradores

Em meados dos anos 90 muitos países da América Latina tinham visto os rendimentos per capita cair para níveis de 15 anos antes – e em alguns países para níveis de 25 anos antes. Na transição do século a desigualdade de rendimentos no continente era a maior de sempre. Este era um dos resultados visíveis dos programas de “ajustamento estrutural” impostos pelo FMI e o Banco Mundial desde os anos 80.

Odiario
Odiario

Barack Obama, o novo profeta do Destino Manifesto

Barack Obama terá certamente muito maior capacidade retórica e intelectual do que o seu predecessor Bush, mas reproduz o mesmo tosco discurso. O da mentalidade abertamente imperial assente na crença quase religiosa de que os Estados Unidos constituem um estado-nação escolhido e predestinado com direitos e responsabilidades de âmbito planetário e acima das leis internacionais. Numa continuidade de pensamento da classe dirigente do seu país há mais de dois séculos.

Odiario
Odiario

Algumas considerações sobre as posições revisionistas (oportunistas) do Marxismo no Brasil de hoje

Diante da actuação oportunista (revisionista do marxismo), dirigida no sentido de reformar o capitalismo em vez de liquidá-lo, diante da falsificação da história das lutas e da memória das lideranças revolucionárias do passado com o objectivo de justificar tal política reformista, o legado de Luiz Carlos Prestes adquire indiscutível actualidade.

Odiario
Odiario

Iraque e o fracasso de Washington

Este Editorial de “La Jornada” destaca justamente as responsabilidades dos EUA no desenvolvimento e agudização da tragédia do Iraque. Mas é contra o imperialismo em geral que a denúncia deve igualmente ser dirigida, desde a maior potência até ao mais acessório lacaio como é, por exemplo, o caso de Durão Barroso.

Odiario