Artículos de: Abril, 2015

Odiario
Transcrição da entrevista inédita que El Pais fez ao autor do Tambor de Lata na sua casa de Lübeck a 21 de Março

Günter Grass: «A dor é a principal razão para me fazer trabalhar e criar»

Juan Cruz    30.Abr.15    Outros autores

Com a publicação desta entrevista odiario.info evoca não apenas a uma grande figura da literatura e da poesia, mas um homem que em muitos aspectos se tornou uma referência moral. Por várias tomadas de posição corajosas que assumiu, nomeadamente em defesa da paz. Pela reflexão que a sua obra e a sua intervenção pública desenvolvem em torno de aspectos centrais de um século XX cuja tragédia histórica e humana viveu intensamente enquanto cidadão alemão.

Odiario
Odiario

Crime de Lesa Humanidade: a UE quer as riquezas de África, mas não quer as pessoas

Cecilia Zamudio    29.Abr.15    Outros autores

O recente naufrágio em que mais de 900 migrantes africanos perderam a vida no estreito da Sicília é mais um trágico episódio de uma infindável sucessão de tragédias semelhantes. A UE e a dita “comunidade internacional” choraram as habituais lágrimas de crocodilo. Tentam ocultar a sua criminosa responsabilidade neste desesperado êxodo, que resulta directamente da rapina das riquezas africanas e da sistemática agressão imperialista.

Odiario
Odiario

“Filantropia cultural”*

Filipe Diniz    28.Abr.15    Colaboradores

Um livro recentemente publicado fala de um dos mecanismos de lavagem de imagem a que recorrem as grandes empresas petroleiras do capitalismo: patrocinam as artes, financiando, por exemplo, museus e teatros de ópera. As mãos que querem assim lavar estão tanto manchadas de crude como estão manchadas de sangue.

Odiario
Odiario

África do Sul rejeita violência xenófoba*

Carlos Lopes Pereira    27.Abr.15    Colaboradores

O colonialismo e o racismo deixaram uma pesada herança em África. Entre os factores que procuram entravar e fazer recuar o caminho para o progresso está o sistemático surgimento de velhos e novos factores de divisão: tribal, étnica, religiosa, racial. Os velhos factores de dominação – e a frequente frustração de legítimas expectativas das populações - não serão alheios ao empolamento de todos eles.

Odiario
Odiario

O Trotsky de Padura, Danton e a Revolução

O mais recente livro do escritor cubano Leonardo Padura tem sido largamente promovido, com numerosas edições em castelhano, português e outras línguas. O jornal “Público” consagrou três páginas ao livro e ao autor. O livro tem valor literário. Mas o que obviamente justifica este entusiasmo é que o autor abomina – é a palavra - o socialismo e o comunismo. Embora não o afirme explicitamente nos seus livros, põe os seus personagens a falar por si.

Odiario
Odiario

Há 40 anos o heróico povo vietnamita derrotava a invasão imperialista norte-americana

A libertação de Saigão (hoje Cidade Ho Chi Minh) em 30 de Abril de 1975 deu o remate final à prolongada luta, plena de sacrifícios e façanhas gloriosas, do povo vietnamita pela reunificação nacional. Na ocasião do 40º aniversario da histórica efeméride, a Agencia Vietnamita de Noticias (VNA) divulga o seguinte breve resumo das mais importantes campanhas desenvolvidas pelas forças patrióticas de 4 de Março a 30 de Abril de 1975.

Odiario