A Crise por detrás da(s) Crise(s)
Reflexões sobre a evolução do sistema capitalista do século XIX à Grande Depressão

Pedro Carvalho*    26.Nov.10    Outros autores

Pedro Carvalho Depois de uma detalhada resenha das principais crises do sistema capitalista, Pedro Carvalho alerta-nos que, “Para compreendermos a(s) crise(s) do sistema capitalista, temos de compreender como o sistema se reproduz, ou seja, a acumulação capitalista e o processo de valorização do capital. Temos que reconhecer que a crise é sistémica e inerente ao modo de produção capitalista, germina das suas contradições e limites. Que o limite do sistema resulta dessa lei tendencial, mas sempre presente - a baixa das taxas de lucro. No fundo, que a barreira real ao processo de valorização do capital é o próprio capital. A evolução da taxa de lucro é por isso fundamental para compreendemos a evolução do sistema, os momentos de expansão e a(s) crise(s).”

Veja este texto em PDF

Gostaste do que leste?

Divulga o endereço deste texto e o de odiario.info entre os teus amigos e conhecidos