A desigualdade na repartição da riqueza criada entre o trabalho e o capital agravou-se muito

Eugénio Rosa    03.Abr.17    Outros autores

Segundo dados da OIT Portugal é o país da União Europeia onde a diferença entre o grupo dos 10% com salários mais elevados e o grupo dos 10% com salários mais baixos é maior. Os dos 10% mais elevados são cerca de 5 vezes superiores (a média na U.E. é 3,5 vezes). Se a comparação for feita entre o grupo 1% com salários mais elevados e o grupo dos 10% com salários mais baixos a diferença aumenta já para 12 vezes. E se a comparação for feita com os administradores a diferença é abissal. É uma desigualdade que vem de trás, e que as políticas “de austeridade” agravaram brutalmente. Aliás,é essa uma das suas finalidades.

Leer texto completo [PDF]

Gostaste do que leste?

Divulga o endereço deste texto e o de odiario.info entre os teus amigos e conhecidos