Autor: “António Santos”

Odiario

A educação como contrato de servidão*

António Santos    01.Dic.17    Outros autores

Em capitalismo tudo se torna mercadoria, incluindo direitos fundamentais como a Educação e a Saúde. Nos EUA, quem queira prosseguir estudos superiores e não seja (muito) rico tem de contrair empréstimos exorbitantes: o custo de uma licenciatura ronda os 80 mil dólares. Daqui resulta, entre outras coisas, um endividamento que muitos acabam por incumprir, ficando assim, como os servos da gleba feudais, nas mãos dos seus credores.

Odiario
Odiario

A ignorada revolta haitiana*

António Santos    03.Nov.17    Outros autores

No Haiti, um dos mais pobres e desiguais países do mundo, levanta-se um movimento popular contra o corrupto regime de Jovenel Moïse, o lacaio do imperialismo de serviço. Afrontando a repressão, transformou-se em mobilização nacional contra a doutrina neoliberal, em clamor popular pela soberania, em exigência de demissão do governo.

Odiario
Odiario

Só o fogo cheira a fogo*

António Santos    24.Oct.17    Outros autores

Também na Califórnia se verificaram enormes fogos florestais. Tanto quanto se sabe, para além da seca extrema e outras condições naturais adversas, o responsável directo é um pirómano contumaz e conhecido das autoridades: a Pacific Gas and Electric Company (PG&E), o monopólio privado que detém toda a rede eléctrica californiana.

Odiario
Odiario

Brancos, ricos e perigosos*

António Santos    07.Oct.17    Outros autores

O recente massacre de Las Vegas é apenas mais um. Nos EUA houve 1515 ataques deste tipo nos últimos 1735 dias. Só em 2016, foram 383 tiroteios, mais do que um por dia, contra vítimas aleatórias, fazendo mais de 15 mil mortos num só ano. No que já vai de 2017, as estatísticas não são menos sombrias: 273 tiroteios em massa, quase todos sem razão aparente e levados a cabo por «lobos solitários». A questão é que 273 «lobos solitários» são uma alcateia.

Odiario
Odiario

ST Louis, como matar a cotovia

António Santos*    24.Sep.17    Outros autores

O texto de António Santos que hoje publicamos o que nunca e demais repetir: a luta contra o racismo é uma das formas assumida pela luta de classes; os tribunais são um dos principais instrumentos de repressão do Estado ao serviço da classe dominante.
De facto, «onde não há justiça não pode haver paz», e não é pela submissão mas pela luta constante e crescente que os povos conquistarão a justiça e a paz.

Odiario
Odiario

Capitalismo opiómano*

António Santos    17.Ago.17    Outros autores

Os EUA atravessam a pior epidemia de toxicodependência da sua história, onde 170 pessoas morrem diariamente de overdose. Uma estatística lúgubre que aumentou 400 por cento desde 1999, 800 por cento em estados como o Ohio, 1500 por cento em cidades pobres como Huntington, na Virgínia Ocidental, onde um em cada dez bebés já nasce toxicodependente. A droga responsável pela nova tragédia não atravessa clandestinamente a fronteira com o México. É receitada em consultórios médicos e comprada legalmente nas farmácias.

Odiario
Odiario

5 mentiras do BE sobre a Constituinte Venezuelana

António Santos    07.Ago.17    Outros autores

Em qualquer debate são possíveis opiniões divergentes. Mas, por parte de uma formação que se diz de esquerda como o BE, deveria esperar-se que essas opiniões fossem seriamente fundamentadas. Mas em relação à Venezuela – e a outras importantes matérias – começa a ser corrente ver o BE recorrer a falsidades. As mesmas, aliás, que a direita mais trauliteira utiliza. Gozam de uma benévola cobertura mediática dos media que temos. E cada vez se compreende melhor porquê.

Odiario