Autor: “Carlos Lopes Pereira”

Odiario

Líbia mais dividida na guerra do petróleo*

A Líbia está cada vez mais dividida e ingovernável. Alastra a guerra entre facções rivais pelo controlo do petróleo. Aumenta a ingerência estrangeira. Aviões norte-americanos bombardeiam há dois meses Sirte. A Itália vai mandar militares para o terreno. Pela primeira vez são enviados militares para o terreno em missão permanente, juntando-se às forças especiais dos EUA, Grã-Bretanha e França que operam na Líbia em acções encobertas.

Odiario
Odiario

A luta pela paz em Moçambique

Neste artigo Carlos Lopes Pereira ilumina a complexa situação existente em Moçambique. A Renamo perdeu as eleições mas o seu líder Dhelakama recusa aceitar a derrota. Refugiado na Serra da Gorongoza, os seus bandos atacam postos de saúde, camiões com mercadorias, viaturas militares e centros administrativos. A paz está ainda distante em Moçambique.

Odiario
Odiario

Guerras e crises na África de hoje

Carlos Lopes Pereira    23.Ago.16    Colaboradores

«Não são boas as notícias que chegam de África. Persistem guerras em diferentes países e surgem ou prolongam-se crises políticas noutros. As actuais guerras africanas têm um traço comum: a ingerência estrangeira. É velha a estratégia imperialista de fomentar conflitos armados e divisões étnicas e religiosas para melhor dominar os povos e explorar as suas riquezas».

Odiario
Odiario

Alemanha reconhece genocídio na Namíbia

Carlos Lopes Pereira    12.Ago.16    Colaboradores

«A Alemanha vai pedir desculpas oficiais à Namíbia pelo genocídio dos povos herero e nama cometido pelas tropas imperiais alemães, no começo do século XX»

Odiario
Odiario

EUA ameaçam intervir na Eritreia

À semelhança do que aconteceu no caso do país norte-africano, os EUA capturaram a máquina dos «direitos humanos» das Nações Unidas para invocar a «responsabilidade de proteger» os cidadãos eritreus de alegados abusos do próprio governo. Este princípio, responsibility to protect (R2P), tinha sido utilizado para legitimar a intervenção na Líbia pela secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, agora candidata presidencial democrata.

Odiario
Odiario

Diálogo para a paz em Moçambique

A simples nomeação dos membros das duas delegações às conversações entre o governo de Moçambique e a oposição é uma boa notícia para todos os moçambicanos.
«Apesar da repetida disponibilidade do presidente Nyusi em negociar com Dhlakama, este, com declarações contraditórias e comportamentos erráticos, tem-se recusado a sentar à mesa de conversações».
Com esta decisão renovam-se as esperanças que, desejamos não sejam em vão…

Odiario
Odiario

Mercenários voltam ao Congo

Um dos maiores e dos mais ricos países de África, a República do Congo é também, por isso mesmo e desde a sua independência em 1960, um dos que o imperialismo norte-americano e europeu mais têm desestabilizado e saqueado.

Odiario