Autor: “Eric Toussaint”

Odiario

Dez propostas para não repetir a capitulação que conhecemos na Grécia

Eric Toussaint    13.Dic.16    Outros autores

Um interessante enunciado de medidas de política económica que rompam com o espartilho capitalista da UE, com a propriedade privada de sectores estratégicos, com o poder do capital financeiro em geral. E que melhorem efectivamente as condições de vida dos trabalhadores e das camadas empobrecidas da população.

Odiario
Odiario

Como o sul pagou pelas crises do norte e pela sua própria submissão

Eric Toussaint*    08.Jul.16    Outros autores

Como os portugueses hoje bem sabem as crises da dívida da periferia estão ligadas às crises que surgem nos mais poderosos países e são utilizadas para subordinar os países mais fracos.
O texto que hoje apresentamos de Eric Toussaint é uma perspetiva histórica da crise da dívida dos países da «periferia» desde o século XIX ao século XXI.
Este texto é uma introdução a uma série de 6 artigos que tratam da «dívida como um instrumento de subordinação da América Latina», em tudo idêntico ao que está a acontecer aos países do sul da União Europeia.
Não sendo regra, resistir e derrotar a pressão dos países imperialistas não foi tarefa impossível, como veremos neste estudo.

Odiario
Odiario

Syriza, uma via para o poder do povo?

Eric Toussaint    25.Feb.15    Outros autores

Este artigo é anterior à capitulação do Syriza perante o Eurogrupo. As expectativas – ainda assim prudentes - que traduz estarão agora ainda mais limitadas. Mas permanece de interesse o panorama que traça de governos de esquerda que, mantendo-se no quadro do capitalismo e recusando-se a afrontá-lo, se encontraram sem saída. Para quem defenda sinceramente a transformação da sociedade e o papel do povo nesse processo, Syriza e Podemos não são motivo de esperança, são a perspectiva da frustração e da derrota.

Odiario
Odiario

As mentiras teóricas do Banco Mundial

Eric Toussaint    19.Nov.14    Destaques

As acções do Banco Mundial não se resumem a uma sucessão de erros ou de maus actos., Fazem, pelo contrário, parte de uma visão coerente, teórica e conceptual, que se ensina doutamente na maioria das universidades, sustentada por centenas de livros de economia do desenvolvimento. O Banco produz uma verdadeira ideologia do desenvolvimento. Quando os factos desmentem a teoria, o Banco não questiona a teoria. Ao invés, tenta deformar a realidade para continuar a proteger o dogma.

Odiario
Odiario

A Supremacia dos Estados Unidos no Banco Mundial

Eric Toussaint*    11.Sep.14    Outros autores

A ideia de que o Banco Mundial se transformou numa enorme burocracia que se foi libertando progressivamente da influência dos Estados Unidos não corresponde à realidade. A realidade é que essa instituição funciona sob o controlo apertado do governo dos Estados Unidos.

Odiario
Odiario

As boas intenções de Michel Barnier e da Comissão Europeia a propósito dos bancos

Eric Toussaint    18.Mar.14    Outros autores

A Comissão Europeia publicou uma proposta de reforma da acção dos 30 estabelecimentos bancários europeus mais importantes. Tal proposta (a cujo conteúdo não será estranha a proximidade de eleições) não agradou aos bancos. Mas na verdade não têm grandes motivos de preocupação. Não é a Comissão Europeia quem manda nos grandes bancos. É o grande capital quem manda na Comissão Europeia.

Odiario
Odiario

Oito propostas urgentes para uma outra Europa

Por Eric ToussaintA crise na qual estão mergulhados os países da UE - em particular aqueles cujas economias são estruturalmente mais débeis, como Portugal - exige respostas que rompam com as políticas que vêm sendo seguidas, sob pena de o futuro ser ainda mais catastrófico do que o presente. Este artigo de Eric Toussaint é um útil contributo nesse sentido.

Odiario