Autor: “Eugénio Rosa”

Odiario

-um orçamento que amordaça as funções sociais do Estado e o investimento público para reduzir em mais de 33% o défice orçamental

Eugénio Rosa    06.Nov.16    Outros autores

Conhecido o OE-2017, as perspectivas são negativas. Os valores orçamentados para despesas com pessoal, para o SNS, para o ensino público e para a segurança social são insuficientes. Nem serão feitas a actualização das remunerações dos trabalhadores nem as novas contratações necessárias. As “Funções sociais do Estado” vão continuar a enfrentar grandes dificuldades para satisfazer necessidades essenciais dos portugueses. O investimento público será insuficiente. Os elevados encargos com divida pública sufocam o país. Tendo em conta que isto resulta de opções de fundo do PS, dificilmente o debate na especialidade se traduzirá em alterações significativas deste quadro.

Odiario
Odiario

O OE-2017: um orçamento que não resolve o problema do crescimento económico, mas que não aumenta a carga fiscal

Eugénio Rosa    16.Oct.16    Outros autores

Foi apresentado o OE-2017. É a altura de procurar analisá-lo e identificar as suas insuficiências, aquilo a que dá resposta e aquilo a que não dá, coisa que a grande maioria dos comentadores encartados não desejará seriamente fazer.

Odiario
Odiario

Uma politica fiscal democrática num contexto de crise e de chantagem da Comissão Europeia e do FMI

Eugénio Rosa    02.Oct.16    Outros autores

Algumas notas de reflexão importantes sobre política fiscal, num quadro em que se intensifica a pressão para que não apenas sejam mantidas as imposições da troika mas igualmente não sejam tocadas as profundas distorções e injustiças que elas agravaram.

Odiario
Odiario

Desigualdade nos rendimentos em Portugal agrava injustiça existente

Eugénio Rosa    16.Sep.16    Outros autores

Eugénio Rosa recorda neste estudo que os rendimentos médios brutos das famílias que receberam entre 2’010 e 2014 250 000 euros ao ano é 142 vezes superior ao das famílias com menos de 5000 euros anuais. A desigualdade social aumentou portanto muito em Portugal durante o governo de Passos Coelho/Portas.

Odiario
Odiario

Os desafios para a CGD

Eugénio Rosa*    02.Sep.16    Outros autores

«O conselho de administração da CGD que esteve em funções no período 2010/2016 vai ser substituído por uma nova administração».

Odiario
Odiario

Antecipação da reforma na segurança social e na caixa geral de aposentações

Eugénio Rosa*    21.Ago.16    Outros autores

1 - A reforma antecipada na Segurança Social (regime geral) e penalizações (cortes na pensão) que os trabalhadores que a peçam sofrem;
2 - A reforma antecipada na Segurança Social após desemprego de longa duração e penalizações (cortes na pensão) que os desempregados que a peçam sofrem;
3 - Aposentação antecipada na CGA e penalizações (cortes na pensão) que os trabalhadores que a peçam sofrem;
4 - Acumulação de pensões com rendimentos do trabalho.

Odiario
Odiario

O governo pretende entregar o controlo da CGD a grandes grupos económicos e financeiros

Eugénio Rosa*    08.Ago.16    Outros autores

A Caixa Geral dos Depósitos não será privatizada, mas o Governo do PS prepara-se para entregar o seu controle a grandes grupos económicos e financeiros

Odiario