Autor: “Jorge Cadima”

Odiario

Trumpistas

Jorge Cadima    01.Feb.19    Outros autores

«Em Portugal, confirma-se o pior da história do PS e das suas alianças com a direita mais extrema e o imperialismo. O BE segue no encalce. Mas não é óbvio que o monstro fascista alimentado por cada nova guerra e golpe não se vai querer ficar pela Ucrânia, o Brasil ou a Venezuela?»

Odiario
Odiario

Gangsterismo*

Jorge Cadima    21.Dic.18    Outros autores

A prisão da directora financeira da cooperativa chinesa Huawei é um acto de gangsterismo por parte dos EUA e dos seus lacaios canadianos, entre outros. Exprime uma forma característica de «negociação», aliás já posta em prática em outras ocasiões, como sucedeu com o gigante francês Alstom.

Odiario
Odiario

Tempestade no deserto*

Jorge Cadima    24.Nov.18    Outros autores

O assassínio do jornalista Khashoggi no consulado saudita em Istambul desencadeou uma vaga internacional de indignação. Em boa parte pelo caracter planeado e atroz de que se revestiu. E em parte também porque deu azo a intensas e complexas manobras de bastidores, num mundo capitalista em que surgem cada vez mais rivalidades e fracturas internas. Tal como têm os «seus» ditadores, os EUA têm também os «seus» assassinos, aos quais dão ou não cobertura conforme a oportunidade.

Odiario
Odiario

Armas biológicas*

Jorge Cadima    19.Oct.18    Outros autores

Acumulam-se indícios e informações que apontam no sentido do desenvolvimento de armas biológicas pelos EUA. Pior ainda: não as desenvolve no seu próprio território, mas nos de países vassalos como a Geórgia. Extensos surtos de doenças aparentemente com essa origem geográfica, e o próprio facto de se verificarem elevadas taxas de mortalidade entre o pessoal desses laboratórios suscitam legítimas suspeitas. E o principal indício é saber-se que os EUA não têm qualquer espécie de escrúpulos.

Odiario
Odiario

Fascistas* .

Jorge Cadima    14.Sep.18    Outros autores

«O capitalismo em decadência deixa cair a máscara, mostrando a sua verdadeira face. É tempo de quebrar os silêncios coniventes. É tempo de travar o belicismo e acabar com a NATO. Há que tomar partido pela democracia e a paz. Antes que seja tarde.»

Odiario
Odiario

O círculo*

Jorge Cadima    10.Ago.18    Outros autores

No 73º aniversário do criminoso bombardeamento atómico de Hiroxima e Nagasáqui pelo imperialismo norte-americano é oportuno desmascarar a persistente tentativa de inverter responsabilidades e ameaças. Os EUA, que há décadas usam armas químicas, biológicas, com urânio empobrecido e outras armas não convencionais contra quem não aceita submeter-se aos ditames imperialistas, acusam as suas vítimas de querer fazer o que eles próprios fazem.

Odiario
Odiario

Belicistas NATOs*

Jorge Cadima    28.Jul.18    Outros autores

Na cimeira da NATO, tal como sucedera na reunião do G7, as contradições inter-imperialistas voltaram a manifestar-se. Mas no momento de decidir, todos acompanham Trump, aumentando as despesas militares (públicas) em 266 mil milhões de dólares, que gerarão colossais lucros (privados). A declaração final da Cimeira é um monumento à mentira. Acusa a Rússia de «acções agressivas», mas é a NATO quem comemorou os seus 50 anos com a guerra à Jugoslávia, violando o Direito Internacional e a ONU. Destruiu países inteiros, como a Líbia. Sustenta a acção dos fascistas na Ucrânia e Israel. A Colômbia narco-terrorista tornou-se seu membro associado. No que vai de ano, o patrão da NATO violou acordos internacionais sobre o Irão e Jerusalém.

Odiario