Autor: “Manlio Dinucci ”

Odiario

A NATO e o neonazismo na Europa

Manlio Dinucci*    27.Jun.17    Outros autores

O poder fascista instalado em Kiev quer entrar oficialmente na NATO. A sua condição de membro daria à NATO o direito de declarar guerra à Rússia. Com as forças paramilitares nazis transformadas em unidades militares regulares e com neonazis no poder, a Ucrânia tornou-se uma meca do fascismo internacional. Os EUA/NATO são hoje os principais aliados e mentores do terrorismo e do fascismo.

Odiario
Odiario

O “desarmamento” nuclear na Europa

Manlio Dinucci    23.Jun.17    Outros autores

A ONU abriu em 15 de Junho uma verdadeira negociação para proibir as armas nucleares. O Tratado de Não Proliferação foi até agora uma farsa. Tende a manter a vantagem militar que as potências nucleares actualmente têm sobre os demais países. O novo tratado será tanto mais viável quanto mais generalizada for a consciência de que se trata de uma questão de sobrevivência para a própria humanidade.

Odiario
Odiario

Concentração na base EUA de Camp Darby (Itália): «Basta de isto ser território de guerra»

Manlio Dinucci    09.Jun.17    Outros autores

Da guerra contra a Jugoslávia às guerras contra Síria e Iémen, boa parte da logística do agressor EUA/NATO passou e passa por Itália. O povo italiano é duplamente atingido: enquanto país efectivamente sujeito a ocupação militar e país que, por esse facto e com a cumplicidade dos seus governos, se torna alvo prioritário numa acção de guerra de grande escala. Toda a solidariedade internacionalista para com os italianos que lutam pela paz e pela desmilitarização do seu território.

Odiario
Odiario

O plano do Pentágono para a Europa

Manlio Dinucci    17.May.17    Outros autores

O discurso dos generais e almirantes do Pentágono cresce em arrogância e agressividade. Se lhe juntarmos o perfil do actual presidente dos EUA e a generalizada e servil subserviência dos governos da UE as razões para alarme aumentam ainda. Os responsáveis nos EUA – país que nunca sofreu um conflito internacional de grande escala no seu território continental - não se importariam de ver novamente a Europa devastada pela guerra. E movimentam as peças nessa direcção.

Odiario
Odiario

A partir da Europa, armas estado-unidenses para a guerra contra Síria e Iémen

Manlio Dinucci    26.Abr.17    Outros autores

Como é habitual, um bem informado texto de Dinucci acrescenta novos elementos acerca da logística da escalada da guerra dos EUA no Médio Oriente. Uma intervenção criminosa, um chorudo negócio para alguns, uma tragédia sem fim à vista para os países e povos agredidos.

Odiario
Odiario

A Europa e o ataque contra a Síria

Manlio Dinucci    22.Abr.17    Outros autores

A mais recente agressão dos EUA e da NATO contra a Síria – o bombardeamento da base de Cherat – não é apenas a primeira grande confirmação da irresponsabilidade de Trump, tão criminosa como a de Obama. É a confirmação de que a mudança de uma peça em nada altera o funcionamento da engrenagem que vai tornando cada vez mais real a ameaça de um conflito militar a uma escala sem precedentes. Em que a Itália continua a constituir uma importante base geoestratégica.

Odiario
Odiario

¿Manterá Bruxelas a estratégia nuclear do Pentágono?

Manlio Dinucci    30.Mar.17    Outros autores

Há indícios de que o directório da UE se dispõe a prosseguir e radicalizar ainda mais a política de confronto com a Rússia promovida pela administração Obama. A adopção da política agressiva da NATO como política explícita da própria UE incluiria até que a união dos monopólios se assumisse no seu conjunto como potência nuclear. A crise do capitalismo ressuscita todas as monstruosidades da sua história repleta de crimes.

Odiario