Autor: “Miguel Urbano Rodrigues”

Odiario

De Alexei Tolstoi a Zamiatin

Da leitura decepcionada de um livro de Alexei Tolstoi à descoberta de um notável escritor de ficção científica: Evgeni Zamiatin. Um autor desconhecido entre nós cuja obra há muito merece tradução portuguesa.

Odiario
Odiario

Encontros que a memória guarda* - Um livro do Embaixador Alfredo Duarte Costa

Quando do falecimento de Fidel Castro, odiario.info publicou um belo texto do ex. embaixador de Portugal em Cuba, Alfredo Duarte Costa sobre a figura do grande revolucionário. Socialista de esquerda, é um homem de carácter, intelectualmente íntegro, condição que lhe permite compreender, admirar, e construir fortes relações de entendimento e amizade com homens e mulheres cujas trajectórias pessoais e opções políticas e ideológicas são divergentes das suas. O livro agora publicado é disso testemunho.

Odiario
Odiario

A guerra Afegã forjada por Svetlana Alexievich

A editora Elsinor promove o livro “Rapazes de Zinco, A geração Soviética Caída na Guerra do Afeganistão” afirmando que é um livro que «oferece uma visão única e poderosa da realidade da Guerra do Afeganistão». Mas o que efectivamente oferece é deturpação histórica e reaccionarismo anti-soviético.

Odiario
Odiario

Atualidade de Mariategui

José Carlos Mariategui, fundador do Partido Comunista Peruano, é saudado como o introdutor do marxismo na América Latina. Não pode afirmar-se, com justeza, que o seu marxismo fosse inteiramente fiel à base filosófica do materialismo histórico. Mas essa limitação não afecta minimamente a grandeza e o significado da sua obra

Odiario
Odiario

Álvaro Lins

Miguel Urbano Rodrigues    27.Mar.17    Destaques

Álvaro Lins é uma das mais notáveis figuras da intelectualidade brasileira, uma grande figura de democrata, de antifascista, de combatente pela paz, de revolucionário. Embaixador em Portugal na segunda metade da década de 1950 – num período em que, com a cumplicidade das “democracias” ocidentais, o salazarismo sobrevivia à derrota do nazi-fascismo na II Guerra - foi pelo Portugal resistente e contra o salazarismo que orientou a sua actividade, numa acção solidária que prosseguiu depois de abandonar o cargo, em ruptura com Juscelino Kubitschek.

Odiario
Odiario

Meio século depois - O Livro, Alexei Tolstoi e a Revolução

Pode suceder que a leitura de um livro desencadeie uma opção que marcará todo o resto da vida. E pode suceder que a releitura desse mesmo livro, muitos anos passados, surja como decepcionante. O livro é o mesmo. Mas o trajecto histórico percorrido modificou profundamente o leitor.

Odiario
Odiario

Teixeira Gomes e o envelhecimento

Meditando nas palavras de Teixeira Gomes sobre o seu próprio envelhecimento ao ler a Biografia do escritor e do homem, de José Alberto Quaresma, «sinto – me um privilegiado porque caminho para os 92 anos e fui muito menos golpeado no processo de envelhecimento do que Teixeira Gomes.»

Odiario