Autor: “Miguel Urbano Rodrigues”

Odiario

Meio século depois - O Livro, Alexei Tolstoi e a Revolução

Pode suceder que a leitura de um livro desencadeie uma opção que marcará todo o resto da vida. E pode suceder que a releitura desse mesmo livro, muitos anos passados, surja como decepcionante. O livro é o mesmo. Mas o trajecto histórico percorrido modificou profundamente o leitor.

Odiario
Odiario

Teixeira Gomes e o envelhecimento

Meditando nas palavras de Teixeira Gomes sobre o seu próprio envelhecimento ao ler a Biografia do escritor e do homem, de José Alberto Quaresma, «sinto – me um privilegiado porque caminho para os 92 anos e fui muito menos golpeado no processo de envelhecimento do que Teixeira Gomes.»

Odiario
Odiario

Le Fil Rouge - Uma saga revolucionária

Num panorama editorial, nacional e internacional, onde predominam esmagadoramente obras cujos personagens não têm aparentemente compromisso de classe, este livro publicado em 2016 é singular. Os personagens são comunistas, e a sua acção insere-se em alguns dos mais duros combates de classe da primeira metade do século XX.

Odiario
Odiario

Istambul, cidade mágica

Feixe de contradições, a Turquia contemporânea é simultaneamente um pais moderno e uma sociedade marcada por arcaísmos chocantes. Orhan Pamuk, distinguido com o Nobel de Literatura, confia no futuro da sua gente. Tem motivos para isso.

Odiario
Odiario

Em Paris pela última vez

Quando alguém tem uma profunda consciência histórica – como é o caso de Miguel Urbano – mesmo as reflexões mais íntimas e pessoais têm o cunho não apenas de um ser humano individual, mas o de um tempo comum. A sua história pessoal nunca foi e nunca é apenas pessoal.

Odiario
Odiario

Losurdo e a atualidade da luta de classes

Uma leitura crítica da recente edição brasileira de «Luta de Classes - Uma História Política e Filosófica» de Domenico Losurdo. Obra oportuna e actualíssima numa época de confusão ideológica promovida pela intelectualidade burguesa e por um sistema mediático ao serviço do capitalismo. A sua leitura abre espaço ao debate e à controvérsia, como é próprio da obra de um verdadeiro marxista.

Odiario
Odiario

Os povos da Ex-URSS

O desaparecimento da União Soviética foi uma tragédia para a Humanidade. Foi acelerada pela traição de Gorbatchov e pela guerra não declarada do imperialismo norte-americano, mas numerosos outros factores contribuíram para ela. Para a tentarmos entender, e também a para tentarmos entender a Rússia contemporânea é imprescindível, nomeadamente, um conhecimento mínimo da história dos povos que habitam o seu gigantesco território.

Odiario