Autor: “Pável Blanco Cabrera*”

Odiario

O Capital - 150 anos de actualidade na luta de classes

Este texto comemora a data da 1ª edição de O Capital: 11 de setembro de 1867.
O autor, Pável Blanco Cabrera, mostra neste curto e brilhante texto, como «Marx vai desmontando o modo de produção capitalista e demonstra com clareza e evidências de sobra que a transformação de dinheiro em capital tem como base a exploração do trabalho».

Odiario
Odiario

Pressões ideológicas e clarificações na identidade comunista do Partido Comunista do México

Pável Blanco Cabrera*    06.Jul.16    Destaques

Neste texto de Pável Blanco Cabrera publicado na revista ideológica do Partido Comunista do México, El Machete, perpassa mais uma vez a franqueza que tanto carateriza os membros do PCM, sem abandonar a firmeza dos princípios na defesa do marxismo-leninismo .

Odiario
Odiario

A Revolução de Outubro, nosso caminho

Pável Blanco Cabrera*    22.Dic.15    Destaques

A riqueza da Revolução de Outubro reside no seu carácter geral e universal, que os oportunistas procuram ocultar e diminuir ao apresentá-la como um processo peculiar, particular, nacional, excepcional.

Odiario
Odiario

O genocídio de Iguala: terrorismo de Estado, corresponsabilidade da socialdemocracia

Os assassínios políticos em Coyuca de Benítez e em Iguala mostram-nos que não se trata de excepções, mas de um esquema operativo onde forças legais e ilegais actuam conjuntamente para salvaguardar os interesses dos monopólios e golpear as forças de classe, e são um aviso da tendência que teremos de enfrentar.

Odiario
Odiario

O fim de uma ilusão

«Com que actualidade a socialização da economia e o poder operário e popular emergirão nos próximos dias ou, para o dizer mais francamente, com que actualidade se coloca na agenda nacional a tarefa de uma nova Revolução de que o povo será protagonista!
O poder operário e popular é hoje a única alternativa ao governo da fome e da miséria, e vamos pôr o acento tónico na frente ideológica para impedir que entre os trabalhadores se voltem a semear ilusões».

Odiario
Odiario

Revolução e contra-revolução noções essenciais na obra e acção de Álvaro Cunhal

“Álvaro Cunhal é para muitos comunistas do mundo, da geração a que pertenço, uma referência de firmeza nos duros anos da perestroika e da contra-revolução.”Ao atingir-se o centenário do nascimento de Álvaro Cunhal, é inquestionável a valoração histórica do grande português como um revolucionário cujo cunho marca a luta do seu povo no século XX, projectando-se neste novo século na luta de classes e no seu desenvolvimento revolucionário. Simultaneamente é um exemplo geral do que é ser comunista, homem de partido, quadro, e por isso tem o reconhecimento indiscutível do movimento comunista internacional.

Odiario
Odiario

Entre a foice e o martelo
Marx vive

Se a obra de Marx se limitasse ao Manifesto do Partido Comunista ou a O Capital seria já uma realização gigantesca. Mas é muito mais ampla, porque nada de humano lhe era estranho; cada descoberta científica, cada argumento levantado por ele arma os explorados e todas as classes oprimidas contra os exploradores, contra a classe dominante, a classe burguesa. Estudar a sua obra integralmente, assimilar a dialéctica, é uma obrigação para os revolucionários que aspiram a mudar o mundo.

Odiario