O Programa de Estabilidade 2017-2021 do Governo PS: redução do défice à custa do crescimento económico e dos salários da Função Pública

Eugénio Rosa    29.Abr.17    Outros autores

O Programa de Estabilidade 2017-2021 tem como objectivo principal passar do défice orçamental de -2% do PIB em 2016, para um superavit orçamental de +1,3% do PIB em 2021. Para isso o investimento público corresponderá apenas a cerca de metade daquilo que o governo prevê despender com o pagamento de juros da divida pública; e os salários dos trabalhadores da Função Pública, congelados desde 2010, permanecerão congelados até 2021, embora o governo estime que os preços aumentem 8,9% neste período. Em percentagem do PIB, verificar-se-á uma redução de 7,5% da despesa pública total e uma diminuição de 6,3% na despesa pública com prestações sociais. O governo pretende ir ainda mais longe do que aquilo que Bruxelas impõe.

Ler texto completo [PDF]