:: Outros autores

Odiario

A reestruturação violenta do mercado de trabalho em Portugal

Eugénio Rosa    13.Feb.18

Embora possa ter passada despercebida a sua dimensão, o certo é que no nosso país, com a crise e com a “troika,” se registou uma reestruturação violenta e rápida do mercado de trabalho, que determinou a expulsão maciça de trabalhadores com o ensino básico, em escala muito superior ao emprego destruído. Associado a isso aumentou a proletarização e a precariedade, e os baixos salários tornaram-se cada vez mais dominantes.

Odiario
Odiario

Tillerson, um périplo fracassado

Ángel Guerra Cabrera    10.Feb.18

No artigo que ontem publicámos era feita a denúncia dos planos EUA para uma escalada de agressão contra a Venezuela, e do périplo do Secretário de Estado Tillerson visando arregimentar apoios. Mas o que conseguiu foi muito pouco, se comparado com a arrogância imperial com que fora antecipado. O poder militar EUA está cada vez mais distante do seu poderio económico. Mesmo os países latino-americanos que nada têm de progressistas constatam que até a defesa dos interesses das suas burguesias implica perspectivas menos sujeitas ao decadente vizinho do norte.

Odiario
Odiario

Confirmado: os EUA reconhecem que as sanções visam o colapso da Venezuela

Misión Verdad    09.Feb.18

A ingerência e a agressão dos EUA e seus aliados contra a Venezuela sobe de tom e é abertamente assumida: com a CIA no comando, trata-se mais um processo em que todos os meios são colocados no terreno no sentido de criar o caos no país, de aí intervir militarmente, de tomar posse das riquezas nacionais, de destruir o processo bolivariano. O que os EUA vêm fazendo em particular no Médio Oriente e em África querem agora prossegui-lo na América Latina.

Odiario
Odiario

Polónia: vítimas, cúmplices e manipuladores

Manuel Loff    07.Feb.18

Na Polónia, hoje governada pela extrema-direita, a reescrita da história inclui a proibição – em nome do “bom-nome da Polónia” – da menção aos campos de extermínio que os nazis ali instalaram, ou à cumplicidade com o ocupante nazi-fascista no massacre anticomunista e anti-semita por parte de colaboracionistas e fascistas polacos.

Odiario
Odiario

200 dias de valentia e firmeza: a heróica defesa de Estalinegrado que mudou a história

RT    05.Feb.18

Passaram em 2 de Fevereiro 75 anos sobre a derrota nazi em Estalinegrado, momento de viragem na II Guerra Mundial. Seguir-se-ia, poucos meses mais tarde, a grande vitória de Kursk. A URSS, o Exército Vermelho e o povo soviético assumiam, daí em diante, um papel decisivo na derrota final do nazi-fascismo. O significado desse papel está marcado de forma indelével na memória dos povos, e os povos da antiga URSS celebram-no devidamente.

Odiario
Odiario

Opel Portugal vs. Autoeuropa*

João Silva    03.Feb.18

Desde que os trabalhadores da Autoeuropa foram forçados a recorrer a formas de luta perante a irredutibilidade da administração na intenção de impor o trabalho obrigatório ao sábado e um sistema de turnos rotativos que foi posta em marcha pelos órgãos da comunicação social dominante uma campanha de intoxicação da opinião pública e de chantagem sobre os trabalhadores. Uma das falsificações utilizadas (por exemplo pelo dirigente do “Livre” Rui Tavares) é a mentira sobre o processo da Opel Portugal.

Odiario
Odiario

Mordomos NATO*

Jorge Cadima    02.Feb.18

Nunca é demais recordar que o actual governo é “um governo do PS”, com o essencial das opções de fundo que identificam o PS como um dos partidos da política de direita. Esta situação, é certo, ficaria mais à vista em todas as áreas se não se tratasse de um governo minoritário. Mas em política externa e de defesa, como é tradicional, não é só a política de direita que se exprime: é também a direita da política.

Odiario