:: Outros autores

Odiario

Neocolonialismo e “crise dos imigrantes”

Manlio Dinucci    04.Jul.18

Com um notável poder de síntese, este texto diz o essencial sobre a “crise” sobre a qual as grandes potências capitalistas se dizem preocupar. Na verdade, são elas as responsáveis pelos enormes fluxos migratórios em causa. Com as suas políticas de exploração neocolonial de recursos alheios, com a destruição militar de países que de algum modo resistam à sua dominação, com a imposição da pobreza extrema e da dependência a gigantescas massas humanas.

Odiario
Odiario

Campos de concentração nos EUA*

António Santos    03.Jul.18

Nos EUA, onde boa parte do sistema prisional é negócio privado, a repressão e o aprisionamento da emigração ilegal é igualmente um chorudo negócio. De costa a costa estão a ser construídos campos de concentração. A emigração, nos EUA como em outros países, é mais um pretexto para eliminar direitos e para aumentar ainda mais a exploração e a precariedade dos trabalhadores, sejam eles legais ou ilegais.

Odiario
Odiario

Iraque em movimento: o factor Muqdata Al-Sadr

Ghassan e Intibah Kadi    02.Jul.18

As eleições de Maio no Iraque podem ter aberto uma nova situação política, cujo desenvolvimento está, entretanto, ainda por definir. As principais forças políticas (na sua maioria, político-religiosas) partilham uma posição fundamental: querem ver os EUA fora do seu país. Que os EUA estejam dispostos a isso, é outra questão.

Odiario
Odiario

O Mundo Ocidental vive todo em Dissonância Cognitiva

Paul Craig Roberts    29.Jun.18

Craig Roberts descreve neste artigo aspectos de um fenómeno que Domenico Losurdo apontou noutro lugar: a dominação de classe actual manifesta-se não apenas através das ideias dominantes, mas através dos sentimentos dominantes. É assim que a opinião pública pode ficar justamente chocada com a separação das crianças das suas famílias nas fronteiras dos EUA, e ser incapaz de associar esse facto à destruição de milhões de famílias que a agressão imperialista leva a cabo em todo o mundo.

Odiario
Odiario

México, mais próximo da mudança

São já no próximo domingo as eleições gerais no México. As sondagens apontam para uma possível alteração significativa do mapa político. Todavia, haverá aqui que destacar duas reservas: uma, formulada pelo PCM – e bem conhecida entre nós – de que alternância e alternativa são coisas bem diferentes, e que haverá que ter cuidado com o significado da palavra “mudança”; outra, que este texto justamente sublinha, que se trata de eleições num país com um largo historial de fraudes eleitorais.

Odiario
Odiario

Em queda a pique até ao fundo

Claudio Katz*    26.Jun.18

Na Argentina começa a revelar-se em toda a sua dimensão o acordo com o FMI. Em vez das patacoadas que o governo Macri e a sua imprensa tentaram vender sobre «o novo perfil benigno do Fundo», é a brutalidade do empobrecimento, da recessão, da dependência. Mas a própria barbaridade de tal acordo cria novas dificuldades no campo governamental, e a resposta de massas tem sido notável.

Odiario
Odiario

Trumpices*

Jorge Cadima    25.Jun.18

Não passa dia sem que estalem novas contradições e rivalidades. A lista é extensa e cresce todos os dias. São as expressões políticas da profunda alteração da correlação de forças económica mundial e da crise do capitalismo que – longe de estar domada – se avoluma por detrás dos biombos erguidos pelos bancos centrais para a esconder e fazer de conta que tudo está bem.

Odiario