Artículos de: 2020

Odiario

Assim lucram as empresas farmacêuticas com as pandemias: “Vendem por 2.000 euros medicamentos que valem seis”

Jose Carmona    13.Jul.20    Outros autores

A pandemia irá ter um dramático impacto económico e social, com previsíveis enormes quebras na produção e no consumo. Mas o sector da indústria farmacêutica vive uma idade de ouro: vende o que produz a preços exorbitantes, e impede que outros produzam os medicamentos essenciais cujas patentes monopoliza. Se a medicina privada é um escândalo de violação do direito universal à saúde, a indústria farmacêutica privada é um escândalo ainda maior.

Odiario
Odiario

70 anos: guerra da Coreia, barbárie imperialista*

Jorge Cadima    11.Jul.20    Outros autores

Após o final da II Guerra Mundial, o imperialismo empreendeu uma violentíssima ofensiva contra os processos de libertação nacional que a derrota do nazi-fascismo desencadeara. Aliás, boa parte da sua elite dirigente desejara que a guerra tivesse outros vencedores. A barbaridade da guerra da Coreia, iniciada em 1950, superou mesmo a violência das destruições e massacres dos fascistas japoneses.

Odiario
Odiario

Quando o capitalismo financia a «revolução»

José Goulão    10.Jul.20    Outros autores

Uma das características da sociedade dos EUA é a resiliência das suas estruturas de poder face a uma sociedade tão estruturalmente exploradora, injusta, desigual e opressora. A grande burguesia EUA reprimiu, destruiu ou cooptou desde o final do séc. XIX grande parte do movimento operário e sindical. Consolidou um sistema de monopartidarismo bicéfalo, que bloqueia qualquer alternativa. Dispõe de uma ampla e inteligente capacidade de gerar, influenciar e dirigir movimentos sociais - sejam eles de fachada ou mesmo aqueles que tenham na sua origem genuínos protestos e aspirações a mudanças radicais. Pode todavia acontecer que as massas em movimento ganhem algum dia consciência da sua força.

Odiario
Odiario

Uma devastadora crise económica e social que o comportamento do governo agravará

Eugénio Rosa    09.Jul.20    Outros autores

O governo reduziu o investimento público do Estado no Orçamento Suplementar, e 9.828 milhões € de Fundos Comunitários ficaram por utilizar. A insuficiência do investimento público está a ter consequências graves no investimento total no país, e vai ter efeitos dramáticos no aumento do desemprego e no alastrar da miséria.

Odiario
Odiario

A Lei sobre a Segurança Nacional para Hong Kong dá a palavra ao governo central

Chen Qingqing    08.Jul.20    Outros autores

Bastará dar uma vista de olhos aos media “de referência” e registar o coro de insultos e de desinformação em relação à República Popular da China - e com particular incidência nas medidas que aprovou em relação a Hong Kong – para se ter uma ideia do que está em causa. É óbvio que o problema de Hong Kong é político, e só poderá ter solução por meios políticos. Mas quando o protesto popular surge encabeçado por pessoas ostentando a bandeira dos EUA e tem a ostensiva intervenção das ex-potências coloniais e da UE, há medidas de defesa a tomar.

Odiario
Odiario

A pandemia não pára a luta mas a luta pára a pandemia

António Santos    07.Jul.20    Outros autores

A grande movimentação popular anti-racista nos EUA tem tido destaque nos media. Em contrapartida, notícias sobre lutas dos trabalhadores são poucas ou nenhumas. Este artigo faz uma resenha da situação, num país em que à exploração e à degradação das condições de trabalho se junta uma desumana exposição à pandemia.

Odiario
Odiario

Anexação*

Jorge Cadima    05.Jul.20    Outros autores

O poder sionista em Israel, sempre com o apoio dos EUA, pretende avançar com a anexação formal de quase um terço da Cisjordânia. Tratar-se-ia de uma machadada – que Israel e Trump-Pompeo desejam definitiva – na viabilidade de um Estado Palestiniano, que rasgaria décadas de promessas de resoluções internacionais e mesmo de acordos assinados por Israel e EUA. Um novo crime a juntar a já tantas décadas de ocupação e genocídio. Como vem sendo habitual, o Governo Português e o seu cada vez mais inqualificável MNE envergonham o país com o seu silêncio cúmplice. É necessária toda a solidariedade ao povo palestiniano!

Odiario