Artículos de: 11 Diciembre 2006

Odiario

Boas acções, santos negócios

Jorge Messias*    11.Dic.06    Colaboradores

“É natural, aliás, que o imenso número de holdings incluídos no grupo económico caritativo permita disfarçar as reais dimensões desta área comercial ligada à hierarquia da igreja (apesar das declarações em contrário do P. Melícias, sabe-se que assim é). Há participação nos lucros da banca privada, cobrança de taxas adicionais, sobrevalorização dos terrenos detidos em pontos estratégicos como a OTA, o percurso do TVG, as participações estratégicas nas Cajas de Ahorro ou a rápida penetração no mundo dos clubes desportivos, com as inevitáveis contrapartidas de influências e mais-valias”

Odiario