Artículos de: Enero, 2008

Odiario

As encruzilhadas do nacionalismo radical*

Claudio Katz**    13.Ene.08    Outros autores

“Os capitalistas mantêm o domínio da economia na Venezuela, na Bolívia e no Equador, tal como ocorreu no Chile naquela época. Se em lugar de avançar para a construção de um poder popular se aceitam os condicionamentos do establishment, reaparecerá o desconcerto que afogou a experiência chilena. Há que afrontar de forma consequente as resistências que opõem os dominadores através de um caminho anticapitalista”

Odiario
Odiario

A resposta de D. Januário

Correia da Fonseca*    12.Ene.08    Colaboradores

«… será forçoso reconhecer que os comportamentos cristãos não são propriamente dominantes neste Portugal onde, por exemplo, o governo encerra lugares onde se cuida de doentes em situação de extrema angústia, pois trata-se de serviços de urgência»

Odiario
Odiario

Venezuela: Dicionário de eufemismos da oposição liberal

James Petras*    10.Ene.08    Colaboradores

James PetrasCada vez mais a utilização de eufemismos na linguagem política dos epígonos do sistema capitalista domina os textos teóricos que servem de base à propaganda do sistema através da comunicação social globalizada. Impossibilitados por motivos óbvios de dizerem claramente o que pensam e pretendem escondem os seus objectivos e deturpam.

Odiario
Odiario

A presidente e o seu destino nas vésperas do Bicentenário - Consumidores e mandatários

Mariano Reyna    09.Ene.08    Outros autores

«Depois das eleições de 28 de Outubro, Cristina Fernández poderá assistir como presidente ao Bicentenário da Revolução de Maio. Ali reside o ponto-chave e o verdadeiro espelho da presidente: repetir aquele modelo dual do Centenário, autoritário mas socialmente inclusivo, segundo a necessidade de mudar algo para que nada se altere»

Odiario
Odiario

Jogo de palavras…

Pedro Guerreiro    08.Ene.08    Outros autores


“No momento em que as políticas e orientações da UE apontam como um dos seus objectivos primordiais o desmantelamento do dito «modelo social europeu» em todas as suas vertentes (veja-se a política de direita em Portugal, agora protagonizada e realizada pelo PS), tais cronistas pretendem passar a ideia de que a proposta de tratado viria, afinal, «reforçá-lo» - o que é uma autêntica e desavergonhada intrujice!”

Odiario
Odiario

Acrobatas, trapezistas e prestidigitadores

Jorge Messias*    07.Ene.08    Colaboradores

“Na sociedade global, ainda só em parte operacional, um dos problemas centrais consiste em tornar compatíveis as múltiplas economias nacionais dos estados que aderem ao projecto da globalização e uma autoridade mundial pouco evidente mas que seja cegamente obedecida. Caso este esquema de império impositivo e secreto pudesse ser desmontado perante a opinião pública, outro galo cantaria e a verdadeira dimensão dos pequenos funcionários que (como é o caso de Sócrates) servem o sistema seria conhecida, mobilizando a ira ou o desprezo dos cidadãos honestos”

Odiario