Artículos de: 4 Febrero 2008

Odiario

A marcha para o terceiro período - As FARC-EP libertam unilateralmente 3 prisioneiros

Em comunicado chegado à redacção da ANNCOL na madrugada de dia 3 de Janeiro, as FARC-EP anunciam a libertação unilateral de Glória Polanco de Losada, Luís Eladio Pérez e Orlando Beltrán Cuellar. As FARC-EP pedem ainda ao presidente Chávez Frias e à senadora Piedad Córdoba a organização deste acto humanitário unilateral, «como reconhecimento pelos seus persistentes esforços para a concretização de um Acordo Humanitário», destaca-se no comunicada do Secretariado das FARC-EP.

Odiario
Odiario

O velho sonho

Desde sempre o capital, unido no seu interesse de manter a exploração, procurou dividir os trabalhadores e o seu movimento sindical. Impossibilitado de o fazer directamente, socorre-se do político que estiver à mão e disposto a fazer-lhe o jogo.

Odiario
Odiario

Conjuntura internacional e endividamento - Os novos desafios

Eric Toussaint*    04.Feb.08    Outros autores

É urgente “a construção de uma nova arquitectura institucional internacional que leve a uma profunda reforma democrática do sistema das Nações Unidas e à substituição do Banco Mundial e do FMI por instituições democráticas. A construção desta nova arquitectura passará pela criação e reforço de mecanismos de integração regional Sul-Sul, pela criação de um ou de vários bancos do Sul que deverão coordenar os seus esforços, pela instauração de mecanismos de intercâmbio compensados (Ver o tipo de intercâmbios entre a Bolívia, a Venezuela e Cuba especialmente no domínio dos hidrocarbonetos, a transferência de tecnologia, a saúde e a educação) e solidários entre os países em desenvolvimento. Estes mecanismos já estão apresentando resultados muito interessantes principalmente na América Latina e no Caribe: melhoria da saúde, da segurança energética (Petrocaribe por exemplo), da educação e da informação (desenvolvimento da Telesur).

Odiario
Odiario

Conjuntura internacional e endividamento - Os novos desafios

Eric Toussaint*    04.Feb.08    Outros autores

É urgente “a construção de uma nova arquitectura institucional internacional que leve a uma profunda reforma democrática do sistema das Nações Unidas e à substituição do Banco Mundial e do FMI por instituições democráticas. A construção desta nova arquitectura passará pela criação e reforço de mecanismos de integração regional Sul-Sul, pela criação de um ou de vários bancos do Sul que deverão coordenar os seus esforços, pela instauração de mecanismos de intercâmbio compensados (Ver o tipo de intercâmbios entre a Bolívia, a Venezuela e Cuba especialmente no domínio dos hidrocarbonetos, a transferência de tecnologia, a saúde e a educação) e solidários entre os países em desenvolvimento. Estes mecanismos já estão apresentando resultados muito interessantes principalmente na América Latina e no Caribe: melhoria da saúde, da segurança energética (Petrocaribe por exemplo), da educação e da informação (desenvolvimento da Telesur).

Odiario