Artículos de: 13 Enero 2013

Odiario

Os comunistas, a táctica e as alianças: que fazer?

Domenico Moro    13.Ene.13    Outros autores

odiario.info distancia-se de algumas das opiniões do autor deste artigo sobre o uso pelos comunistas da teoria na táctica e na política de alianças.
Publicamo-lo porque o tema é de actualidade permanente.
Domenico Moro comenta especialmente o desvio de direita de partidos como a Rifondazione Comunista e o Partido dos Comunistas Italianos que se tornaram cúmplices das guerras imperialistas contra os povos do Afeganistão e da Líbia e da aprovação de medidas gravemente lesivas dos direitos e conquistas dos trabalhadores.
Cabe recordar que o oportunismo desses partidos tem antecedentes na estratégia que, de tombo em tombo, conduziu o Partido Comunista Italiano à social democratização e finalmente, ao seu desaparecimento.
Foi também em nome de um suposto realismo que o Partido Comunista Francês renunciou progressivamente a princípios e valores fundamentais do marxismo-leninismo. A ruptura foi tao drástica que o PCF, ao participar no governo de Lionel Jospin, aprovou a politica dos socialistas responsável pela privatização de mais empresas do que a soma das realizadas pelos governos de direita de Balladur e Juppé.
O artigo de Moro convida à reflexão sobre os perigos do tacticismo como forma de oportunismo de direita.

Odiario