Artículos de: 20 Enero 2013

Odiario

Prefácio de Lev Smirnov ao livro “O processo de Nuremberga” de Arkadi Poltorak

Lev Smirnov    20.Ene.13    Outros autores

Lev Smirnov O diário.info publica hoje o prefácio de Lev Smirnov ao livro “O processo de Nuremberga” de Arkadi Poltorak. Smirnov teve um papel muito destacado no referido julgamento, bem como no processo de Tóquio, em que foram igualmente julgados fascistas japoneses.
A exigência da constituição de um Tribunal Militar Internacional para julgar os monstruosos crimes nazi-fascistas fora apresentada pelo Governo Soviético ainda em Outubro de 1942, e tivera eco imediato numa declaração de Roosevelt. É importante a referência, porque esta exigência soviética é apresentada cerca de um ano antes da abertura da “2ª frente”, ou seja, numa altura em que recaía fundamentalmente sobre o Exército Vermelho a tarefa de enfrentar a gigantesca máquina de guerra nazi-fascista. É apresentada num momento em que ainda não está em marcha a contra-ofensiva em Stalingrado, em que ainda não se travou a batalha decisiva de Koursk.
A constituição do Tribunal Militar Internacional e o processo de Nuremberga não constituíram, como alegam alguns reaccionários, um “julgamento dos vencidos pelos vencedores”. Tratou-se de um julgamento com todas as garantias jurídicas, em que responsáveis por crimes de uma escala e barbaridade sem precedentes foram condenados, não como derrotados, mas como executores da mais monstruosa engrenagem de extermínio que o imperialismo foi até hoje capaz de engendrar.

Odiario