Artículos de: 27 Abril 2014

Odiario

Poucas mudanças em Bissau e Argel*

Apesar da clareza das vitórias eleitorais do PAIGC e da FLN, a situação pós-eleitoral na Guiné-Bissau e na Argélia envolve muitas incertezas. Os novos governantes do PAIGC herdam uma situação económica grave e umas forças armadas ainda sob o comando de generais golpistas com aliados civis detentores de grande poder. Na Argélia Bouteflika enfrenta desafios complexos. Conseguiu manter a Argélia à margem das «primaveras árabes» que atingiram a Tunísia e o Egipto e do caos da Líbia. Cabe-lhe agora escolher um bom governo, combater a corrupção, diversificar a economia assente na «monocultura» dos hidrocarbonetos, dar resposta às aspirações populares e esmagar o «terrorismo islâmico» que continua a flagelar o país.

Odiario