Artículos de: Agosto, 2014

Odiario

Uma estória com buracos*

Correia da Fonseca    15.Ago.14    Colaboradores

Se o papel dos media que temos fosse informar, a situação seria bem diferente. Porque basta mostrar com verdade um facto para desmontar horas de propaganda.

Odiario
Odiario

A crise actual do processo de Havana

A questão é introduzida sob a forma de uma fábula, mas o problema é bem sério: Santos fez campanha como “candidato da paz”, e com isso conseguiu cooptar uma parte da esquerda eleitoral. Mas, uma vez eleito, regressou ao seu lugar de aliado do uribismo. E com um tal interlocutor o processo de paz dificilmente avançará, a não ser que se levante de novo um poderoso movimento de massas que o venha a impor.

Odiario
Odiario

Os 90 anos da Coluna Prestes

“Hoje em dia, a estratégia das classes dominantes já não é tanto caluniar o Prestes, pois já não cola tanto. Como não dá pra silenciar, a estratégia deles é falsificar a história e apresentar Prestes e outros comunistas, como Gregório Bezerra e outras figuras revolucionárias, integrados ao sistema, figuras assim pasteurizadas, que podem ser aceitas por todos; esvaziá-las de seu conteúdo revolucionário, até porque já estão mortos e não podem protestar nem falar mais.”

Odiario
Odiario

Carta de Praga: actualidade política e lutas populares na Chéquia

OTA LEV    12.Ago.14    Outros autores

Interessantes notícias da República Checa, confirmando que em todo o lado, com maiores ou menores dificuldades, se levantam vozes e movimentos cívicos contra a criminosa ofensiva imperialista actual. Nos dias de hoje a luta pela paz é uma tarefa central dos povos de todo o mundo.

Odiario
Odiario
DOCUMENTO

Declaração de Fortaleza

Os Editores    11.Ago.14    Outros autores
Odiario
Odiario

Marines do Africom de Morón a Trípoli*

Carlos Lopes Pereira    10.Ago.14    Colaboradores

A agressão militar da NATO, que levou ao derrube do regime liderado por Muhamar Kadhafi e ao seu assassinato, instalou o caos na Líbia. A economia daquele que ainda há pouco era um dos países mais ricos e desenvolvidos de África afunda-se, num quadro de guerra civil e de desagregação do Estado. O imperialismo procura resguardar e pilhar as zonas de exploração de petróleo e os portos por onde é exportado. Quanto ao resto – a destruição de um país e a condenação do seu povo à miséria e à barbárie – é apenas um dano colateral.

Odiario
Odiario

Carta aberta ao Dr. Medina Carreira

Medina CarreiraPrefácio: Este senhor é ex-aluno dos Pupilos do Exército, onde se formou em Engenharia Mecânica. Tirou depois um mestrado de Direito ou coisa parecida. Foi um péssimo Ministro da Finanças.
Ficou amnésico há muitos anos relativamente às suas origens e a meu ver é um trapalhão ao serviço dos poderosos!

Odiario