Artículos de: 14 Marzo 2015

Odiario

Na Grécia, o Syriza abre cenário de polémicas e interrogações

Achille Lollo*    14.Mar.15    Outros autores

Se Alexis Tsipras tivesse revelado que o aumento do salário mínimo de 450 para 750 euros não seria imediato mas gradual e talvez a partir de Setembro de 2015, com base no conjunto dos novos recursos financeiros, é evidente que o Syriza nunca teria ganho as eleições, e talvez nunca existisse como «Partido da Esquerda Radical».

Odiario