Artículos de: Mayo, 2018

Odiario

América monstruosa*

António Santos    31.May.18    Outros autores

Os EUA arrogam-se, em nome dos direitos humanos, o direito de derrubar governos e destruir países. É o “excepcionalismo EUA”. Mas até organizações norte-americanas que escrutinam as suas práticas internas denunciam não apenas as violações de tais direitos, mas o facto de, em vários casos, tais violações configurarem verdadeiros crimes contra a humanidade.

Odiario
Odiario

A recuperação do Imperio e a desaparição dos trabalhadores

James Petras    30.May.18    Editores

Um dos aspectos da decadência dos EUA é o da sua classe dominante fazer sobreviver e consolidar o seu poder sobre uma crescente desigualdade interna e uma profunda degradação das condições de vida dos trabalhadores e do povo do seu próprio país. Derrubado o mito da “american way of life”, a violência militar e a exploração que exporta têm uma frágil rectaguarda.

Odiario
Odiario

Uma vida digna, já agora

Gente cuja única coerência de vida é o anticomunismo resolveu caricaturar a posição do PCP sem a ler. No meu caso, podendo não concordar com as conclusões do documento do PCP sobre a morte assistida, não deixo de reflectir sobre muitos dos aspectos que lá constam. É preciso discutir o direito a um fim em condições, que tenha em conta a qualidade de vida, sem cair em simplismos e campanhas imbecis, e não esquecendo que as condições sociais em que se aprovarão um dia estas medidas ditarão se esta decisão será livre.

Odiario
Odiario

Operações «Robin dos Bosques» e tartarugas militantes

Rémy Herrera    28.May.18    Colaboradores

Prosseguem as lutas de massas em França. O sector da energia, juntamente com o dos ferroviários, sustenta uma luta prolongada cujo objectivo central tem um claro sentido político: a renacionalização. E os trabalhadores juntam à acção colectiva novas e criativas formas de acção, que consolidam o sentido de classe e alargam o apoio social à sua luta.

Odiario
Odiario

Forte investimento da Rússia em África*

Carlos Lopes Pereira    26.May.18    Colaboradores

Os governos russo e egípcio acordaram a criação de uma zona industrial russa em Port Said. Será a primeira zona industrial russa no estrangeiro. Espera-se que, em menos de uma década, a produção das unidades industriais ali criadas atinja três mil e 600 milhões de dólares. E a intensificação do investimento e da cooperação económica russa abrange vários outros países africanos.

Odiario
Odiario

Israel, um Estado réprobo

Israel impôs-se como o braço armado do imperialismo no Médio-Oriente, aliando-se aos estados árabes mais ditatoriais e reaccionários. É o instrumento através do qual qualquer hipótese de revolução árabe progressista é esmagada e com o qual se controla qualquer país do Médio-Oriente, seja qual for o seu regime, que tentar escapar à órbita do imperialismo norte-americano, como é bem verificável nos sucessos dos últimos anos.

Odiario
Odiario

Pancada e jogos de futebol

Miguel Szymanski    24.May.18    Outros autores

“Num dia em que morreram mais de meia centena de civis na Faixa de Gaza, Israel celebrava os seus 70 anos de existência, os EUA incendiavam o Médio Oriente com a inauguração da sua embaixada em Jerusalém, o Irão estabelecia um prazo de 60 dias para preservar o acordo nuclear, a Catalunha (com metade dos dirigentes independentistas na prisão) elegia finalmente um novo presidente, as notícias em Portugal abriam com a notícia de um presidente de clube de futebol aborrecido com a vida”. Não é certamente por acaso que tal sucede.

Odiario