Artículos de: Octubre, 2018

Odiario

A dívida à Segurança Social já ia em 11.219 MILHÕES € em 2017, e continua a aumentar

Eugénio Rosa    31.Oct.18    Outros autores

Um dos problemas mais graves que a Segurança Social enfrenta é a enorme divida acumulada, nomeadamente das empresas que não pagam o que devem (de que uma parte importante são descontos feitos nos salários dos trabalhadores). Sucessivos governos têm permitido esta situação, através da constituição de “provisões” (um perdão encapotado) e perdões da dívida. E o recordista é o actual governo. São valores enormes que afectam a sustentabilidade da Segurança Social.

Odiario
Odiario

Organizar a resistência e unir as forças populares, democráticas e patrióticas contra o fascismo!

Apesar do crescimento, nos últimos dias, de uma onda democrática em oposição à ameaça representada pela candidatura fascista, confirmou-se a eleição de Jair Bolsonaro para a presidência da República. A sociedade brasileira se defronta com um novo momento da dominação capitalista em nosso país. Foi derrotado o ciclo da conciliação de classes, e uma nova fase da política brasileira tem início desde agora.

Odiario
Odiario

Khashoggi vs. 50.000 crianças iemenitas massacradas

Peter Koenig    29.Oct.18    Outros autores

Este texto é escrito com justificada indignação. Indignação perante a hipocrisia com que os media, governos e instituições ocidentais reagiram ao assassínio do jornalista saudita Jamal Khashoggi. Trata-se de um assassínio repugnante. Mas que Parlamento Europeu o condene, e nunca tenha encontrado razões para condenar os massacres que a Arábia Saudita leva a cabo no Iémen, é igualmente repugnante.

Odiario
Odiario

Perito da ONU nas questões da pobreza alerta para um tsunami de privatização desregulada

Philip Alston    27.Oct.18    Outros autores

Publicámos em 24 de Setembro as páginas iniciais de um notável relatório sobre a situação social e democrática nos EUA. O relator, Philip Alston, é o mesmo de um novo relatório da ONU sobre as consequências sociais e humanas da vaga de privatizações de serviços públicos que percorre o mundo inteiro. Um importante documento que, vindo de onde vem, não pode ser lido apenas como mais um grito de alerta. A mercantilização pelo capitalismo de todos os direitos dos povos é outra prova da sua radical oposição à própria humanidade.

Odiario
Odiario

A aliança de Trump com esquartejadores, esquadrões da morte e assassinos de crianças: Arábia Saudita, Brasil e Israel

James Petras    26.Oct.18    Colaboradores

O título deste artigo diz tudo: os “aliados naturais” de Trump são indivíduos e regimes que representam o que existe de mais criminoso e sórdido na face da Terra. Mas até esses podem não ser aliados fiéis. O decadente império EUA ainda consegue aliados militares para as suas guerras genocidas e para o seu dementado belicismo. Mas começam a surgir de forma cada vez mais expressiva interesses económicos concretos em oposição à política de sanções e de guerra.

Odiario
Odiario

Porque cresce o fascismo no Brasil?

«O que é preciso é aprofundar o estudo do fascismo, entender o seu significado histórico, bem como os factores estruturais e conjunturais que possibilitam o seu enorme crescimento no Brasil e no mundo todo. Não podemos restringir-nos à espuma do processo político brasileiro, e devemos procurar inclusive a nova correlação de forças entre as classes na sociedade brasileira. Principalmente, é preciso sair de análises que se fixam na aparência do fascismo, e entender a sua natureza, a sua essência».

Odiario
Odiario

A estratégia pseudo-religiosa que serve a Bolsonaro

Alexandre Weffort    24.Oct.18    Outros autores

Desde 2015 até aos dias de hoje, foi-se observando como o fascismo se incutia na sociedade brasileira. O Golpe de 2016, concretizado por meio do impeachment de Dilma, teve vários protagonistas ligados a meios religiosos e adquiriu forte expressão de massas. Hoje as seitas evangélicas mobilizam boa parte do apoio a Bolsonaro entre as camadas populares.

Odiario