Artículos de: Diciembre, 2018

Odiario

A Venezuela que eu vi

Bruno Carvalho    14.Dic.18    Outros autores

É um dever de solidariedade romper a barragem mediática contra a Venezuela. Não para iludir falhas ou ocultar problemas, mas para compreender porque resiste o processo bolivariano à sabotagem e ao ataque directo das maiores potências imperialistas: porque, apesar de todas as dificuldades, mantém o apoio do povo.

Odiario
Odiario

Se fores a São Francisco*

António Santos    13.Dic.18    Outros autores

São acontecimentos nos EUA que não são notícia nos grandes media: as lutas de trabalhadores naquele país. E, mais do que isso, lutas vitoriosas, como a dos trabalhadores da multinacional hoteleira Marriott International. Tanto mais importantes quanto são travadas num país em que a organização e a luta sindical se defrontam com todo o tipo de obstáculos e com repressão patronal, policial e judicial.

Odiario
Odiario

O subfinanciamento do SNS vai continuar em 2019

Eugénio Rosa    12.Dic.18    Outros autores

Ao contrário do que o governo diz, as dificuldades financeiras do SNS vão aumentar ainda mais em 2019. As enormes dificuldades que os portugueses tiveram em 2018 no acesso a serviços públicos de saúde vão agravar-se ainda mais em 2019.
As transferências do OE para o Serviço Nacional de Saúde serão manifestamente insuficientes para cobrir as despesas do SNS: em 2019 o aumento real das transferências do Orçamento para o SNS é de apenas 262 milhões € e não os 612 milhões € que o governo diz. E a divida do SNS aos privados deve ser superior a 1.500 milhões no fim de 2018.

Odiario
Odiario

“Coletes amarelos” em Portugal?

A mobilização dos “coletes amarelos” em França está manifestamente a alarmar a classe dominante. Não só pela expressão que vem tendo naquele país, mas pelo facto de as razões que levaram a este protesto de massas existirem igualmente em muitos outros países. Compreende-se assim melhor que alguém com Augusto Santos Silva se tenha sentido na obrigação de tentar amedrontar e desmobilizar portugueses que estejam em França.

Odiario
Odiario

E agora, os jovens liceais…

Rémy Herrera    08.Dic.18    Colaboradores

O movimento de contestação e de revolta em França não cessa de se ampliar. E um dos factores de mobilização é a própria violência policial. Jovens das universidades e dos liceus são alvo de brutalidades, a somar às «reformas» que têm vindo a ser empreendidas, gerando novos obstáculos sociais e económicos ao acesso à educação.

Odiario
Odiario

Porque está de novo na ordem do dia a ascensão do fascismo

John Pilger    07.Dic.18    Outros autores

Este importante texto foi publicado em 2015, mas não só não perdeu actualidade como está, se possível, mais actual ainda. A ameaça fascista surge em todos os continentes. E o elo que a une é a acção do imperialismo, apoiando e incentivando tudo o que existe de mais reaccionário, obscurantista e explorador à face da Terra.

Odiario