Artículos de: Abril, 2019

Odiario

As inquietantes reuniões do governo português

José Goulão    30.Abr.19    Outros autores

Nada distingue a política externa do governo minoritário do PS da dos governos anteriores: o seu alinhamento com o que de pior se movimenta no plano internacional tem infelizmente ficado bem à vista. Surgem notícias sobre coisas que não estarão tanto à vista e que suscitam ainda maior condenação. A serem confirmadas, já não se trata apenas de actuar em flagrante violação da Constituição da República. Trata-se de actuar em violação de princípios elementares de conduta democrática.

Odiario
Odiario

Os três objectivos da guerra contra a Líbia (II)

Nazanín Armanian    29.Abr.19    Outros autores

Os EUA e a NATO destruíram a Líbia, mas não têm forma de controlar a situação caótica que daí resultou. O significado da actual ofensiva do general Khalifa Hafter pode consistir numa nova tentativa de estabilização, que aparentemente contará com o apoio de potências que não participaram na destruição do país, nomeadamente a Rússia. A única coisa certa é que o sofrimento do povo líbio está muito longe de terminar.

Odiario
Odiario

Cumplicidades socialisto-privadas

Já se sabia que questão da nova Lei de Bases da Saúde iria suscitar um confronto político entre quem defende o SNS e quem defende os interesses privados no negócio da Saúde. Ou seja, tratava-se de saber se o PS iria defender na lei, como há muito vem fazendo na prática, a linha privatizadora e de fragilização do sistema público. Tudo o que tem vindo a público aponta para que assim é.

Odiario
Odiario

Governar a Ucrânia não é motivo para riso

M. K. Bhadrakumar    26.Abr.19    Outros autores

As eleições na Ucrânia representaram uma esmagadora rejeição de Poroshenko e de tudo o que ele representa. Mas a eleição de Zelensky dificilmente cumprirá a promessa de um “recomeço”. O corrupto e fascizante poder instalado com o patrocínio dos EUA não pode ser removido da mesma forma, e muito menos o será com os recursos da comédia.

Odiario
Odiario

Após o tempo das catedrais, o tempo da indecência, da hipocrisia e da incompetência

Rémy Herrera    25.Abr.19    Colaboradores

Já abordámos aqui a questão (22.04). O espectáculo das doações do grande capital para o restauro de Notre-Dame assume traços verdadeiramente obscenos. Oferecendo uma parcela insignificante dos seus lucros e das suas fortunas pessoais, compram um lugar na primeira fila do branqueamento de fortunas construídas sobre exploração desenfreada e chorudas ajudas fiscais. E o demagogo Macron procura recuperar popularidade à conta desse leilão.

Odiario
Odiario
Declaração de Petro Simonenko, Secretário-Geral do Partido Comunista da Ucrânia

Ucrânia: muda o presidente, não mudará a política

As eleições na Ucrânia traduziram-se numa enorme derrota do presidente Poroshenko, saído do golpe comandado pelos EUA em 2014. Votação que explica mais uma razão para o poder fascizante instalado em Kiev ter impedido o Partido Comunista da Ucrânia de apresentar candidato. Esta sintética declaração do seu secretário-geral é suficientemente esclarecedora acerca do que há a esperar.

Odiario
Odiario

Julian Assange e a agenda para a Guerra Global

James Petras    23.Abr.19    Colaboradores

A perseguição dos EUA a Julian Assange tem uma justificação fundamental: a prática política, económica e militar da maior potência imperialista só pode ser defendida mentindo, silenciando e falsificando toda a informação. O que Wikileaks fez e continua a fazer é desmascarar essa colossal ocultação de sucessivos crimes contra a humanidade.

Odiario