Artículos de: Septiembre, 2020

Odiario

Epidemias e confinamento de classe. Do mesmo barro a mesma lama

Em Madrid, como em Lisboa, a pandemia aponta para uma geografia cujos traçados não são apenas urbanos: as fronteiras de classe são ao mesmo tempo sociais e territoriais. Os antecedentes madrilenos desta segregação têm uma história de mais de um século, e têm características diferentes dos da AML. Mas traduzem-se na mesma realidade: a pandemia não “toca a todos por igual”, e ser pobre é o maior “grupo de risco”.

Odiario
Odiario

As Revoluções Coloridas e alguns truísmos … (I)

Carlos Luque    29.Sep.20    Outros autores

O imperialismo ocidental desenvolveu uma sofisticada teoria, técnica e prática de massas (ou que pareça sê-lo). Mobiliza todo o seu arsenal ideológico e mediático, os seus poderosíssimos meios financeiros (e a capacidade que tem de corromper), a sua completa falta de escrúpulos e de respeito pelos povos e pela vida humana, o seu gigantesco poderio militar. A destruição da Jugoslávia foi em muitos aspectos o modelo acabado dessa acção criminosa.

Odiario
Odiario

Lutas Identitárias: A Esquerda em Confinamento

Não é de admirar a simpatia e o apoio que tantos figurões do capitalismo dão às causas “identitárias”. Citando Asad Haider, «o enquadramento da identidade reduz a política ao que se é como indivíduo e não à sua participação na luta colectiva contra uma estrutura social opressora (…) O resultado é que a política identitária paradoxalmente acaba reforçando as mesmas normas que se dispõe a criticar.»

Odiario
Odiario

A redução do número de trabalhadores e da despesa com pessoal na Administração Pública e a degradação dos serviços públicos

Eugénio Rosa    25.Sep.20    Outros autores

Entre 2011 e 2015, com a “troika” e o governo do PSD/CDS, o número de trabalhadores de todas as Administrações Públicas foi reduzido em 68.641. Entre 2015 e 2019, com os governos PS, o número de trabalhadores aumentou, mas em número insuficiente para compensar totalmente os empregos destruídos no período 2011/2015. E no que diz respeito às remunerações não só não houve recuperação como houve uma quebra continuada. Foi assim que se reduziu o défice.

Odiario
Odiario

O negócio do hidrogénio

Demétrio Alves    24.Sep.20    Outros autores

Demétrio AlvesO governo PS é particularmente fascinado por modas, nomeadamente no que diz respeito à energia e à “transição energética”. Sobretudo quando por detrás dessas modas se perfilam grossos interesses privados apostados na captura de dinheiros públicos. O ministro e o secretário de Estado lançam para o ar números, calendários e perspectivas sem qualquer fundamentação séria. A realidade e o interesse dos consumidores têm para estes governantes mais fugacidade do que o próprio hidrogénio.

Odiario
Odiario

A diferença entre a resposta dos EUA e da China ao COVID-19 é impressionante

Quando nos EUA o número de mortos por COVID-19 está prestes a ultrapassar os 200 mil, Trump voltou a repetir na ONU as mesmas irracionais acusações contra a China e as mesmas mentiras sobre a forma como vem gerindo a pandemia no seu país. Talvez engane ainda muita gente. Mas nada do que diga poderá alterar o desastre sanitário e económico em curso nos EUA.

Odiario
Odiario

A «guerra contra o terror» dos EUA é a verdadeira causa da crise de refugiados na Europa

Patrick Cockburn    22.Sep.20    Outros autores

Oito guerras promovidas directamente pelos EUA ou que têm a sua aprovação tácita (Afeganistão, Iraque, Síria, Iémen, Líbia, Somália, noroeste do Paquistão e Filipinas) provocaram 38 milhões de pessoas deslocadas e em fuga. Destes, 8 milhões em fuga para o exterior dos seus países, 27 milhões no interior dos seus países destruídos. Esta tragédia não terá fim enquanto essas guerras não terminarem, e não será superada sem um fim que devolva aos povos o pleno direito de reconstruírem livremente o que a agressão imperialista destruiu e destrói.

Odiario