A calúnia das alegadas “perdas de água” no abastecimento público*

Luísa Tovar    19.Ene.18    Outros autores

A campanha visando a privatização da água prossegue com intensidade. Compreende-se a persistência: trata-se de um bom negócio que, tal como o da saúde, prospera à custa da denegação de um direito. Ressurgiu em força durante a campanha das autárquicas, prossegue com a argumentação fraudulenta acerca das “perdas de água.”

Leer texto completo [PDF]

Gostaste do que leste?

Divulga o endereço deste texto e o de odiario.info entre os teus amigos e conhecidos