Bolívia: o MAS esmagou a ditadura: Arce e Choquehuanca obtiveram 52,4% contra 31,6% do direitista Mesa

Os Editores    21.Oct.20    Outros autores

O povo boliviano alcançou uma grande vitória eleitoral: os candidatos do Movimiento
Alternativa Socialista à presidência e vice-presidência foram eleitos logo à primeira volta. Não
irão ter a vida fácil. Os golpistas legam um país em estado desastroso. E resta saber o que
farão a seguir os seus patronos, a reacção boliviana (laica e católica), os EUA e os seus
lacaios da OEA. Não é de prever que o bando golpista esteja disponível para passar das
cadeiras do poder para o banco dos réus. Mas, para já, saudemos esta grande vitória.

Depois de uma vergonhosa demora em dar os resultados extraoficiais por parte da ditadura de Añez e seu Tribunal Superior Eleitoral, finalmente à uma da madrugada, esses dados foram divulgados. Assim, Lucho Arce e David Choquehuanca serão os próximos presidente e vice-presidente da Bolívia. O direitista Carlos Mesa ficou com 31,5% e o fascista Fernando Camacho obteve apenas 14,5%.

Ao governo de facto não lhe serviu de nada militarizar o país como fez durante todos estes dias, nem tampouco lhe serviu o comportamento provocador e violento do ministro Murillo, que não só fez perseguir até à nausea dirigentes e militantes do MAS, mas que também na prática acusou de “subversivos” e “esquerdalhos” grande parte dos observadores eleitorais. Tudo desmoronou para estes assassinos do povo de Sacaba e Senkata. Perante estes resultados, o que lhes resta é fugir de helicóptero, como fez um obscuro presidente argentino em dada altura, ou preparar-se para que a nova justiça que os faça pagar pelos seus crimes contra a humanidade.

A verdade é que a dupla vencedora terá dificuldades devido ao estado de completo desastre em que a ditadura deixa o país, mas o passo mais difícil já foi dado, e é que através da votação foi possível derrubar uma cruel e corrupta ditadura. É isso que o povo boliviano entendeu muito bem e por isso ao amanhecer muitos saíram para festejar ali e também em toda a diáspora onde vivem milhares de bolivianos.

Fonte: https://www.resumenlatinoamericano.org/2020/10/19/bolivia-el-mas-aplasto-a-la-dictadura-arce-y-choquehuanca-524-contra-el-316-del-derechista- mesa/

Gostaste do que leste?

Divulga o endereço deste texto e o de odiario.info entre os teus amigos e conhecidos