Custos da privatização da GALP: combustíveis dos mais caros da UE, lucros excessivos das petrolíferas, chorudos dividendos aos accionistas privados

Eugénio Rosa    10.Mar.20    Outros autores

Quando se critica os preços e os lucros excessivos das petrolíferas e das distribuidoras de combustíveis em Portugal ouve-se muitas vezes dizer (é uma autêntica cassete), que a culpa não é delas mas sim dos elevados impostos cobrados pelo Estado. Dados oficiais comprovam que isso é falso. Os portugueses, cujas remunerações são metade da média da UE e menos de metade da zona euro, pagam combustíveis a preço muito superior à média UE, pagam as centenas de milhões de lucro das petrolíferas e os chorudos dividendos dos accionistas privados.

Ler texto completo [PDF]

Gostaste do que leste?

Divulga o endereço deste texto e o de odiario.info entre os teus amigos e conhecidos