É verdade que “Portugal nunca recebeu tanto dinheiro”? Não é!

Depois das conclusões do Conselho Europeu – que redundaram num fracasso para o governo português – começou o foguetório mediático no nosso país, falando de uma chuva de milhões sem precedentes. Nem é verdade, nem a palavra “receber” é apropriada, porque os fundos que cheguem terão de ser devolvidos - com prejuízo – de várias formas fortemente onerosas. O foguetório só tem uma justificação: para o governo PS uma vitória da UE, mesmo que seja uma derrota para Portugal, é sempre de festejar.

Ler texto completo [PDF]

Gostaste do que leste?

Divulga o endereço deste texto e o de odiario.info entre os teus amigos e conhecidos