Em 2018 a pobreza em Portugal aumentou entre a população activa e permanece elevada no total da população

Eugénio Rosa    04.Dic.19    Outros autores

Os dados do INE revelam que em 2018 se verificou uma redução diminuta da pobreza em Portugal (de 17,3% para 17,2%). Mas esta redução não se verifica em todos os segmentos da população. Registou-se, pelo contrário, um aumento do peso da pobreza quer na população empregada, quer no grupo de “desempregados,” cuja taxa de risco de pobreza tem aumentado de uma forma permanente desde 2015 e também entre 2017 em 2018. E o governo PS pretende manter e agravar a política de baixos salários, e impor aumentos de miséria nas pensões.

Ler texto completo [PDF]

Gostaste do que leste?

Divulga o endereço deste texto e o de odiario.info entre os teus amigos e conhecidos