“Está em curso no Brasil uma concentração da propriedade da terra”.
Entrevista especial com João Pedro Stédile

“Com a crise de 2008, vieram para o Brasil 200 milhares de milhões de dólares de capital fictício que foram aplicados só em recursos naturais. Esses 200 milhares de milhões compraram terras, fábricas de etanol, instalações hidroeléctricas, etc. A Nestlé e a Coca-Cola compraram reservas de água no lençol freático. Isso produziu uma enorme concentração da terra, da produção e da propriedade dos recursos naturais no Brasil.”

Ver o artigo em PDF

Gostaste do que leste?

Divulga o endereço deste texto e o de odiario.info entre os teus amigos e conhecidos