“Autópsia” revela rendas excessivas mas omite consequências políticas

AbrilAbril    23.May.19

Ficou-se a saber que os portugueses pagam a energia mais cara da UE. Entretanto, o relatório final da Comissão de Inquérito da AR confirma o pagamento de rendas excessivas, em particular à EDP (apesar da omissão de 581 milhões), mas passa ao lado da responsabilidade política nacional e da UE na alienação de um sector estratégico. É isto a actual correlação de forças na AR: até poderá ser capaz de identificar problemas de fundo, mas é incapaz de lhes dar solução.

Odiario
Odiario

Nova Nakba?*

Jorge Cadima    22.May.19

O martírio do povo palestiniano dura há 71 anos, e está longe de ter terminado. Os falcões da guerra estão ao ataque. Os governos dos EUA e Israel rasgam ostensivamente todos os acordos, as resoluções da ONU, a legalidade internacional. No Médio Oriente, o Irão é anunciado como novo alvo de uma política assassina que ameaça arrastar todo o mundo a uma monstruosa catástrofe.

Odiario
Odiario

A verdade e a mentira sobre os efeitos das progressões na Função Pública

Eugénio Rosa    20.May.19

O governo PS - sobretudo pela voz de Costa e Centeno - quis criar um alarme público com o espantalho de custos de centenas de milhões que resultariam da reposição do tempo de serviço dos professores. Uns números eram manipulados, outros eram simplesmente falsos. O que os dados oficiais do próprio Ministério das Finanças mostram é que os efeitos das progressões nas carreiras nas remunerações dos trabalhadores da Função Pública têm sido irrisórios e até mesmo negativos.

Odiario
Odiario

Como os OGM e o “RoundUp” da Monsanto/Bayer estão a orientar a política dos EUA para a Venezuela

Whitney Webb    18.May.19

Na ofensiva imperialista contra a Venezuela ficam abertamente à vista os mecanismos do capitalismo monopolista de Estado nos EUA. Os grandes conglomerados capitalistas comandam o assalto às riquezas e ao mercado venezuelano. Tem sido dada maior atenção ao papel dos gigantes petroleiros. Mas as empresas que dominam o mercado dos OGM estão igualmente na primeira linha.

Odiario
Odiario

Lições aprendidas

Manuel Loff    17.May.19

O governo minoritário do PS abriu uma “crise” e, uma vez resolvida a “crise” com a cedência em toda a linha do PSD e do CDS, esforça-se por fazer esquecer o que esteve realmente em causa: o completo desrespeito pelos legítimos direitos de um grupo profissional. E dar mais um sinal a todos os trabalhadores de que os seus direitos são contrários à “credibilidade do país”. E isto não tendo o PS maioria. O que faria se a tivesse…

Odiario
Odiario

A propósito do declínio dos EUA

Jorge Cadima    15.May.19

«Os mecanismos com que a classe dirigente norte-americana tem procurado enfrentar o seu declínio não apenas não o inverteram, como contribuíram para acentuar esse declínio. Trump expressa essa crise. ‘Tornar de novo grande a América’ é uma ilusão que não reflecte a realidade mundial em mudança. Mas o perigo de que tudo termine numa aventura catastrófica é enorme.»

Odiario
Odiario

«Fake News» e manipulação

Fernando Correia    14.May.19

«A História mostra (e o caso de Portugal, antes e depois do 25 de Abril, é bem esclarecedor) que os media, o jornalismo e aquilo a que poderemos chamar a fabricação mediática, em tudo o que ela envolve, não só não existem à margem da sociedade e das suas contradições internas, mas também de uma forma ou doutra, explícita ou implicitamente, sempre a sua intervenção exprimiu ou reflectiu os interesses em jogo e participou na sua luta.»

Odiario
Odiario

O poder procura consenso eleitoral para aplicar o “ajustamento”

Julio C. Gambina    13.May.19

Aproximam-se eleições na Argentina, num quadro em que a actual solução política construída em torno da presidência de Macri perde apoio e em que a luta sindical e social cresce. Daí que a classe dominante procure uma reformulação: algo que mude para que tudo permaneça igual. E já surgiram pressões no sentido de que Macri não se candidate.

Odiario
Odiario

Proteger o Património Cultural

Manuel Augusto Araújo    11.May.19

«Com as guerras do império norte-americano e seus sequazes no Médio-Oriente, Iraque e Síria, e no Afeganistão, a destruição de monumentos, a pilhagem, o tráfico ilegal de artefactos históricos têm efeitos muitíssimo mais devastadores que o incêndio da Notre-Dame.»

Odiario
Odiario

As tropas americanas libertaram realmente Mauthausen?

Ángeles Maestro Martín    10.May.19

A história da “libertação de Mauthausen” por tropas dos EUA em 1945 não é só mal contada. Omite também que essa libertação – que certamente não teria sido possível sem as sucessivas derrotas das forças nazis, em particular perante o Exército Vermelho – teve uma intervenção determinante da resistência antifascista organizada no interior do campo, com um papel particularmente destacado dos comunistas espanhóis aí detidos.

Odiario
Odiario

Entre 2015 e 2018 os salários reais diminuem em Portugal

Eugénio Rosa    09.May.19

Contrariamente à ideia que o actual governo e os órgãos de comunicação social têm procurado fazer passar junto da opinião pública, o poder de compra quer das remunerações base quer do ganho médio dos trabalhadores do sector privado diminuiu entre 2015 e 2018. São os dados do Ministério do Trabalho que o confirmam.

Odiario
Odiario

Claros-escuros, sfumato e golpes de matraca macronianos para o 1º de Maio

Rémy Herrera    08.May.19

As manifestações do 1º de Maio em França, e em particular a de Paris, tiveram uma muito grande expressão de massas. Em Paris foram objecto de uma repressão policial sem precedentes. A classe dominante francesa teme os coletes amarelos, mas teme ainda mais a sua convergência com o movimento sindical.

Odiario
Odiario