Autor: “Américo Nunes”

Odiario

A formação da Intersindical em 1 de Outubro de 1970 (I)

Américo Nunes    25.Mar.20    Outros autores

A Intersindical (hoje CGTP-IN) celebra este ano 50 anos. A sua fundação culmina décadas de resistência dos trabalhadores portugueses, um enorme passo em frente na sua unidade e na luta contra o regime fascista e pela liberdade sindical. Hoje não existe um regime fascista. Mas os enormes retrocessos no âmbito do direito do trabalho e da protecção legal dos trabalhadores face ao patronato e os entraves à liberdade e à acção sindical ilustram como a luta está muito longe de ter terminado.

Odiario
Odiario

A CGTP-Intersindical nasceu há 44 anos*

Américo Nunes    03.Oct.14    Outros autores

A argumentação e justificações do Governo PSD/CDS para impor sucessivamente piores condições nas relações de trabalho são na sua essência iguais às da filosofia de Salazar.

Odiario
Odiario

Uma carta de ingerência na CGTP-IN

Américo Nunes*    08.Abr.13    Outros autores

Não têm faltado ao longo dos anos doutores a aconselhar a CGTP a mudar de orientação. Não admira que, com o recrudescimento da luta combativa do movimento sindical e o papel central que assume na luta de massas contra a actual situação, tais iniciativas recrudesçam também. Desta vez foram cinco sociólogos a condenar a Central por esta tomar a iniciativa de celebrar os 100 anos de Álvaro Cunhal.

Odiario
Odiario

Saudação e Solidariedade

Américo Nunes*    27.Mar.12    Outros autores

O que define uma greve como Greve Geral não é se todas as organizações convocam e aderem. É se quem convoca se dirige a todos os trabalhadores. A grande Greve Geral de 22 de Março não deixou de o ser por a UGT - que assinou o pacote de malfeitorias que o governo e a troika lhe puseram à frente - não aderir. E se agora a UGT vem tentar minimizar esta luta, esse ataque vem na sequência lógica dessa assinatura, não de qualquer desejo de intervir em defesa dos trabalhadores.

Odiario