Autor: “Evald Vasilievich Ilienkov e Lev K. Naumenko”

Odiario

Três Séculos de Imortalidade*

Espinosa era filho do seu tempo, mas não seu apologista; foi um ideólogo da burguesia ascendente, mas nunca um testamenteiro dos pequenos comerciantes ou dos grandes empresários. Foi a consciência da época e, por isso, não apenas expressou as suas contradições e conflitos, os seus erros evidentes e as suas “ilusões honestas”, mas também as suas desilusões em relação a si mesma.

Odiario