Autor: “Júlio C. Gambina”

Odiario

Sobre o 1º de Maio, dia internacional dos trabalhadores

Júlio C. Gambina*    31.May.17    Colaboradores

Uma reflexão sobre a situação dos trabalhadores, da sua organização e dos seus objectivos de luta que, estando particularmente centrada sobre a América Latina e sobre a Argentina em especial, coloca questões que são de carácter mais geral. Não tanto no que diz respeito aos trabalhadores, cujo movimento e organização apresenta traços muito diferenciados, mas no que diz respeito ao capitalismo, que em todo o lado e do mesmo modo explora, empobrece, e desorganiza os trabalhadores e polui e devasta o ambiente e a natureza.

Odiario
Odiario

Macri aprofunda a dependência e a inserção subordinada

Júlio C. Gambina *    14.Ago.16    Colaboradores

«A 200 anos da declaração da independência assumida em Tucuman a 9 de Julho de 1816, que hoje se comemora com gritos de «Viva a Pátria», deve consignar-se que a «independência» continua a ser na Argentina um objectivo pendente. Não importa o que se diz mas sim o que se faz e há muitos anos que na Argentina se celebra a data «pátria» escamoteando a relação de dependência e subordinação à ordem capitalista mundial.»

Odiario
Odiario

A crise não é grega, europeia ou chinesa, é mundial

Júlio C. Gambina    13.Sep.15    Colaboradores

A crise não é de alguns países que se tornam visíveis por certas dificuldades - hoje Brasil, Grécia ou China. O problema está no capitalismo no seu conjunto e, por isso, o principal problema que intoxica o sistema mundial são as relações sociais capitalistas e o exercício do poder mundial pelo principal Estado capitalista: os EUA.

Odiario
Odiario

Desaceleração económica e negociações em Nova Iorque

Júlio C. Gambina    22.Jul.14    Colaboradores

Na Argentina, a questão económica mais premente continua a ser a dívida externa. É necessário recolocar a questão do não pagamento de uma dívida que é ilegítima. O problema é que o argumento oficial da oposição sistémica é que são necessários novos empréstimos e investimentos. Mais ainda, o argumento oficial transita pelo desendividamento, que teria servido para voltar a fazer dívida. Tudo se reduz a mais dívida para cancelar a dívida e continuar o aprofundamento do cancro da dívida.

Odiario
Odiario

Processo constituinte e contra-revolução na Nossa América*

Marx contribuiu para a sistematização de um ciclo de luta de classes que se estende entre 1848, tempo de constituição da «classe em si», até 1989/91, momento da desarticulação da experiência socialista no leste da Europa. Este texto tenta trazê-la para a nova síntese do ciclo de luta de classes que emerge em 1989, no mesmo momento do auge da política e ideias neoliberais.

Odiario
Odiario

Petróleo e Malvinas no debate pela soberania

Júlio C. Gambina*    09.Mar.10    Colaboradores

Júlio Gambina“A polémica sobre as Malvinas reacendeu-se à volta de um tema estratégico: a exploração petrolífera. A notícia remete para os investimentos ingleses nas ilhas argentinas usurpadas pelo Reino Unido e para a decisão do governo argentino de impedir o transporte de material associado a essa exploração”.

Odiario