Autor: “James Petras ”

Odiario

Imigração: Guerras Ocidentais e Exploração Imperial desenraízam milhões

James Petras    07.Jul.18    Colaboradores

O “mundo Ocidental” tem na imigração um tema com várias vertentes. Mas nenhuma delas vai ao essencial do problema: as causas dessa imensa deslocação de massas humanas. Porque as causas de fundo são as guerras e a exploração desenfreada por parte das mesmas potências que agora lamentam a chegada de milhões oriundos de países que condenaram à pobreza e destruíram.

Odiario
Odiario

A recuperação do Imperio e a desaparição dos trabalhadores

James Petras    30.May.18    Editores

Um dos aspectos da decadência dos EUA é o da sua classe dominante fazer sobreviver e consolidar o seu poder sobre uma crescente desigualdade interna e uma profunda degradação das condições de vida dos trabalhadores e do povo do seu próprio país. Derrubado o mito da “american way of life”, a violência militar e a exploração que exporta têm uma frágil rectaguarda.

Odiario
Odiario

América Latina: o pêndulo desloca-se para a direita

James Petras    27.Dic.17    Colaboradores

Um importante ponto de situação da evolução política na América Latina. Obviamente controverso, como seria inevitável face a um conjunto tão complexo de processos, tendências, comportamentos das classes em confronto e sua expressão no plano social e político, activa intervenção e ingerência imperialista. Um interessante confronto, também, com a entrevista da embaixadora Claudia Salerno Caldera que publicámos em 23.12.2017

Odiario
Odiario

Quem governa os EUA?
A elite do poder no tempo de Trump

James Petras*    19.Sep.17    Colaboradores

«Os estadounidenses têm muito que aprender e desaprender. A nossa vantagem estratégica pode residir no facto de a vida política nos Estados Unidos não poder piorar – realmente batemos no fundo e, salvo uma guerra nuclear, só podemos olhar para cima».

Odiario
Odiario

Colômbia, Médio-Oriente e Ucrânia
Acordos de paz? Ou rendição política

James Petras*    10.Abr.17    Colaboradores

«As negociações de paz presentes e passadas, baseadas no reconhecimento da soberania de um Estado independente ligado aos movimentos de massas, sempre terminaram com os Estados Unidos a romperem os acordos. Os genuínos acordos de paz são contrários à meta imperial de conquistar através da mesa de negociações o que não conseguiram ganhar através da guerra.»

Odiario
Odiario

A maré crescente do militarismo no século XXI – de Clinton a Bush, Obama e Trump

James Petras    25.Mar.17    Colaboradores

Os grandes media internacionais destacam o aumento de gastos militares defendido por Trump. A verdade é que esse aumento tem sido constante. Dos US$302 mil milhões de Clinton em 2000 aos US$621 mil milhões de George W. Bush em 2008, até aos US$623 mil milhões de Obama em 2017. O recém-empossado presidente Trump está a pedir que aumente para US$650 mil milhões em 2018. A questão é que o imperialismo estado-unidense assenta o seu projecto de dominação num gigantesco poderio militar, e duas facções internas degladiam-se sobre a questão táctica do uso desse poder.

Odiario
Odiario

As ligações de Trump com o passado e a ressurreição da esquerda

James Petras    24.Feb.17    Destaques

Um dos aspectos mais significativos do momento actual é a evidência da agudização de fracturas internas nas principais potências imperialistas, nomeadamente nos EUA e na UE. Num quadro em que emergem novos perigos, emergem e tomam a iniciativa também forças sãs, populares e democráticas. A classe dominante gerou um mundo desumano e insuportável, cujos principais dirigentes são figuras repelentes. A luta de classes intensifica-se.

Odiario