Autor: “Jorge Pires”

Odiario

O surto epidémico, consequências e aproveitamentos

Jorge Pires    20.Jul.20    Outros autores

«A declaração do estado de emergência e as duas renovações que se seguiram não identificaram a necessidade de um quadro excepcional de restrições e de medidas destinadas a garantir o seu cumprimento. Hoje, passados mais de quatro meses, podemos confirmar que serviu sobretudo para que sectores do grande patronato e os grupos económicos se sentissem mais à vontade para atacar direitos dos trabalhadores, como se verifica com o recurso indiscriminado ao lay-off, atropelos aos direitos e à própria lei sindical, a redução dos salários e outros rendimentos, a imposição do gozo de férias, entre outros abusos que têm vindo a ser denunciados.»

Odiario