Autor: “José Casanova”

Odiario

No centenário do nascimento de José Moreira*

José Casanova    28.Ene.20    Outros autores

Manter viva a memória da repressão fascista em Portugal implica necessariamente evocar as figuras de resistentes que a enfrentaram e dela foram vítimas. O comunista José Moreira, responsável por tipografias clandestinas onde era impresso o “Avante!”, foi preso e torturado até à morte. Poderia talvez dizer-se: “morreu como um herói”, mas isso não seria suficiente. Um herói, sim, mas vivo na luta dos que não esquecem o seu exemplo.

Odiario
Odiario

Um imenso adeus

José Casanova    14.Ago.13    Outros autores

A liberdade, a justiça social, a paz, a solidariedade, a fraternidade, o sonho de uma sociedade liberta de todas as formas de opressão e de exploração, o amor e a morte, o tempo e a revolução, eis temas sempre presentes nas preocupações humanas e literárias deste homem de escrita e de luta.

Odiario
Odiario

Citações*

José Casanova    25.May.13    Outros autores

José CasanovaNum Portugal em que a classe dominante cavalga em direcção ao passado já nem falta uma primeira figura do Estado cada vez mais parecida, na mediocridade e no ridículo, com o seu antecessor Américo Tomás. A História reservará aos dois um lugar semelhante.

Odiario
Odiario

Isto anda tudo ligado*

José Casanova    22.Dic.12    Outros autores

José CasanovaOcorreu mais um massacre nos EUA. Como é habitual, logo foi recordado que «nos EUA a compra de armas é um direito constitucional». Tal como a venda de armas - para o “mercado interno” como para o exterior - continua a constituir um chorudo negócio. O imperialismo tem o massacre no código genético e, se o pratica no Iraque ou no Afeganistão, como poderia impedi-lo em Newtown?.

Odiario
Odiario

As confissões do general*

José Casanova    27.Ago.12    Outros autores

José CasanovaSe um ex-alto responsável confirma, em tribunal, o verdadeiro papel do narco-fascista Uribe num criminoso processo de assassínios em massa e tráfico de droga, a probabilidade de termos conhecimento desse facto através dos media dominantes é muito reduzida. Eles são a voz do dono imperialista, que os manda dizer que a Colômbia é um “exemplo de democracia e dos direitos humanos”.

Odiario
Odiario

Relembranças*

José Casanova    12.Ago.12    Outros autores

José CasanovaFoi com primeiro governo PS/Mário Soares, há trinta e seis anos, que se iniciou a partir do poder de Estado a ofensiva de direita que conduziu o país à ruinosa situação actual. Quando se acusam e condenam – justamente - os actuais responsáveis, é indispensável não esquecer quem lhes abriu caminho. A começar pelo próprio Soares, agora armado em espectador crítico do desastre.

Odiario
Odiario

No bom caminho*

José Casanova    07.Jul.12    Outros autores

José CasanovaAo que se sabe, os «furtos para comer disparam nos supermercados» - e «o número de pessoas que roubam comida nos supermercados aumenta todos os dias». «Roubar para matar a fome»: eis uma das imagens de marca de Portugal após trinta e seis anos de política de direita praticada pela troika PS/PSD/CDS – com a preciosa ajuda, de há um ano para cá, da troika ocupante.

Odiario