Autor: “José Goulão”

Odiario

Cimeira das Lajes, segunda temporada

José Goulão    10.Dic.19    Outros autores

O facto de o governo PS acolher em Lisboa uma reunião conspirativa de dois sociopatas mundiais, Netanyahu e Pompeo, é um degradante exemplo de alinhamento com o que de pior se movimenta na cena internacional. António Costa e Santos Silva aceitaram apadrinhar um encontro que o próprio Boris Johnson recusara alojar. Assumirão, tal como Durão Barroso nas Lages, o peso da corresponsabilidade no agravamento da situação internacional que estes dois delinquentes coordenam, e envergonham e desprestigiam o país.

Odiario
Odiario

O silêncio: a pior resposta do Estado português

José Goulão    26.Nov.19    Outros autores

O PR e o governo continuam a nada ter a dizer sobre as atrocidades que estão a ser cometidas na Bolívia e no Chile. Se o silêncio é a mais indigna das atitudes, é também um sinal daquilo que já se sabia: o vergonhoso e servil total alinhamento com os EUA. Como poderiam vir condenar acontecimentos em que a mão de tal patrono é tão evidente, e que resultam do bárbaro sistema que preferem?

Odiario
Odiario

Golpe escondido com tudo de fora

José Goulão    20.Nov.19    Outros autores

Na Bolívia, houve um golpe de Estado; uma mudança de regime inspirada na velha tradição, com terrorismo nas ruas, uma venenosa campanha de mentiras e os clássicos pronunciamentos policiais e militares impedindo o funcionamento das instituições eleitas com toda a legitimidade. E, como sempre, com os EUA a encabeçar e os seus lacaios regionais a assessorar.

Odiario
Odiario

O despertar dos povos

José Goulão    04.Nov.19    Colaboradores

«Multiplicam-se os focos de contestação popular em zonas diversificadas do mundo. Mas será um erro avaliá-los segundo uma bitola única, além de ser profundamente desaconselhável deixar-nos conduzir pelos conteúdos e sistematizações que brotam da comunicação social dominante.»

Odiario
Odiario

A ofensiva turca e o quebra-cabeças na Síria

José Goulão    26.Oct.19    Colaboradores

A invasão turca de território sírio prossegue, agora com um “cessar-fogo” que, na prática, consagra a ocupação. É necessário procurar fazer o ponto da situação, embora haja aspectos que constituem uma constante, como em primeiro lugar a permanente e desavergonhada duplicidade e papel chave da actuação dos EUA. Que “saíra” da Síria, e oito dias depois envia mais tropas e mais armamento pesado a esse país ocupado.

Odiario
Odiario

Brexit ou os enxovalhos da democracia

José Goulão    16.Sep.19    Outros autores

Prossegue o artificialmente arrastado processo do Brexit. Entre Bruxelas e Londres não houve negociações, houve imposições unilaterais engendradas para que as consequências da saída fossem avassaladoras para a população britânica. Mas uma das coisas que a UE conseguiu foi que um indivíduo como Boris Johnson seja hoje o mais popular dos políticos britânicos, e que o Partido Conservador esteja mais de 12 pontos à frente do Labour nas sondagens. A UE torna a saída um inferno, mas permanecer lá dentro ainda é pior.

Odiario
Odiario

NATO e nazismo, uma irmandade

José Goulão    07.Ago.19    Outros autores

O imperialismo ocidental e o seu braço armado, a NATO, têm nos fascistas um aliado preferencial. Se no momento actual a expressão mais visível desse facto é o apoio, a promoção e a entrega do poder a bandos fascistas no Kosovo, na Ucrânia ou no Báltico, e também ao fascismo “islâmico”, convém não esquecer que o Portugal de Salazar figura entre os fundadores da NATO, e que nos seus corredores sempre foram visíveis numerosos nazis repescados.

Odiario