Autor: “José Goulão”

Odiario

A NATO e sete décadas de mentiras, guerra e sangue

José Goulão    06.Abr.19    Outros autores

A NATO não nasceu para responder a qualquer acção contrária, uma vez que o Tratado de Varsóvia só foi fundado quatro anos depois, nem para defender a democracia, porque integrou, à nascença, uma ditadura fascista – a portuguesa. Constitui uma afronta ao Portugal democrático e à Constituição da República que sucessivos governos da política de direita se empenhem em participar e mesmo em incrementar a presença nesta organização criminosa e agressiva.

Odiario
Odiario

Os golpes na Macedónia e a Grande Albânia

José Goulão    25.Mar.19    Outros autores

O objectivo final da sucessão de golpes em curso nos Balcãs é a criação de uma Grande Albânia que seja o paraíso da máfia transnacional albanesa e a verdadeira filial do poder de Washington no Sudoeste Balcânico.

Odiario
Odiario

O Brexit e a engrenagem autocrática da UE

José Goulão    02.Feb.19    Outros autores

É difícil, mas indispensável, acompanhar de maneira informada o processo do Brexit. Os grandes media fazem coro a traçar um cenário apocalíptico para o futuro da Grã-Bretanha, e a UE negoceia o processo de forma verdadeiramente chantagista e terrorista. Do que se trata é de desencorajar qualquer veleidade de saída, sobretudo se esta for inconveniente para a Alemanha. Que ela resulte de manifestação da vontade popular é coisa a que a UE, como é sabido, não dá qualquer importância.

Odiario
Odiario

«Quintal das traseiras» a ferro e fogo

José Goulão    23.Ene.19    Outros autores

Os EUA parecem ter pressa em juntar à guerra económica e à conspiração interna uma agressão militar formal contra a Venezuela. Podem continuar a ressuscitar a velha “doutrina Monroe”, mas talvez se enganem se julgarem que o seu “quintal das traseiras” ainda é o mesmo de há cem anos.

Odiario
Odiario

Israel escuda-se em aviões civis para atacar a Síria. Onde está a ONU?

José Goulão    07.Ene.19    Outros autores

O poder sionista e racista em Israel age como se dispusesse de completa impunidade. Desrespeita resoluções da ONU; ocupa ilegalmente territórios; comete sistemáticos assassínios de civis - incluindo crianças - e outros crimes de guerra; viola normas básicas do Direito Internacional. Utiliza agora escudos humanos em ataques a outros países. Tem a cobertura dos EUA e da NATO. Mas não devia beneficiar da omissão das instituições internacionais, nomeadamente da ONU e do seu secretário-geral, António Guterres.

Odiario
Odiario

Gaza, a solução final

José Goulão    23.Nov.18    Outros autores

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, escolheu a chamada «Cimeira da Paz» promovida por Emmanuel Macron, em Paris, para anunciar que «não há solução diplomática» para o problema de Gaza.

Odiario
Odiario

Europa abre-se à livre circulação da máquina de guerra

José Goulão    09.Abr.18    Colaboradores

José GoulãoOs governos da União Europeia membros da NATO têm em seu poder um «Plano de Acção para a Mobilidade Militar», apresentado em 28 de Março pela Comissão Europeia. No âmbito estritamente executivo, o seu objectivo é «suprimir as actuais barreiras à mobilidade militar» no espaço europeu sob domínio da NATO, «modificando as estruturas não adaptadas aos pesos e dimensões das máquinas militares, nomeadamente em pontes e vias férreas que apresentem uma capacidade de carga insuficiente». A NATO e os EUA avançam com a configuração de um cenário de guerra de grande envergadura. Os povos da Europa que aguentem as consequências.

Odiario